HORROR: Resultado da eleição presidencial gera onda de ataques aos nordestinos

HORROR: Resultado da eleição presidencial gera onda de ataques aos nordestinos

Foto: Divulgação

 

Democracia não é o paraíso, mas ela consegue garantir que a gente não chegue ao inferno - Leando karnal

 

Presidência
 
O país que emergiu das urnas após a votação nas eleições do último domingo(02), podemos dizer que é um Brasil onde as contradições são bem maiores do que acreditávamos. Como já era previsto, a disputa se resumiu a Lula e Bolsonaro. Nesse primeiro turno, Lula se deu melhor, ao alcançar a marca da 48,15% dos votos válidos. Já o atual presidente chegou ao final da votação com 43,44%. Ou seja, teremos esse mês de outubro marcado pela campanha de ambos os candidatos. Vale lembrar que a votação do 2º turno será no dia 30 de outubro!
 
 
Divididos
 
O resultado da votação mostrou também um país, claramente, dividido entre dois projetos políticos diferentes. De um lado, temos a região Nordeste e parte do Norte apoiando Lula e as outras com Bolsonaro. Como dizem, o tempo é o senhor da razão, e ele vai dizer qual desses dois modelos políticos deverá prevalecer no Brasil. Quem viver, verá!
 
 
O pior do ser humano
 
Logo após o resultado final da votação para presidente do Brasil, uma triste e lamentável onda de ódio aos nordestinos tomou conta das redes sociais. Os vídeos e memes expressavam muito mais do que discordâncias políticas, mas ódio, preconceitos e ignorância. Alguns diziam que os moradores do Nordeste são preguiçosos e vivem do dinheiro que os turistas do Sul, Sudeste e outras regiões do Brasil levam para gastarem lá. Outras ainda piores afirmavam que os nordestinos mereciam não ter água, pois não estavam ao lado de Deus. 
 
 
Horror
 
O show de horrores é extenso, porém, a postagem do ex-jogador de futebol dos times Ceará e Fortaleza, Fabrício Manini, foi a pior. Ele pedia: “todos eleitores do Bolsonaro, assim como eu, quando encontrar alguém passando fome ou pedindo algum alimento, não ajude. Passe com o carro por cima da cabeça pro País não ter mais despesas com esses vermes”. Obvio que depois a postagem foi apagada e ele disse que se expressou mal. A atitude típica de gente desse tipo quando percebe a besteira que fez. O que aconteceu com o brasileiro, caro leitor?
 
 
Bagatolli
 
Voltando à Rondônia, a vaga de senador ficou com o empresário Jaime Bagatolli, contrariando muitas previsões. Ele vem de Vilhena e se elegeu com um discurso de lealdade ao presidente Bolsonaro, defesa do agronegócio e do mantra dos bolsonaristas(Deus, Pátria e Família). Não tem experiência política, mas agradou o que que falou. Terá oito anos para provar a que veio no Senado Federal.
 
 
Bancada Federal 
 
Na representação de Rondônia na Câmara Federal a partir de janeiro de 2023 estão cinco novatos e três reeleitos. Entre os marinheiros de primeira viagem estão: Dr Fernando Máximo, Thiago Flores, Cristiane Lopes, Lebrão(sim, é ele mesmo!) e Maurício Carvalho. Entre os que conseguiram mais um mandato por Rondônia na capital federal estão: Silvia Cristina, Lúcio Mosquini e Coronel Chrisóstomo. Que união pelos interesses de Rondônia, seja o foco principal!
 
Assembleia
 
Para a Assembleia Legislativa de Rondônia, muitos nomes foram reeleitos como Alex Redano, Jean Oliveira, Cirone Deiró, Ismael Crispim, Ezequiel Neiva, Luzinho Goebel, Alan Queiroz, Rosangela Donadon e Marcelo Cruz. Já o time dos estreantes no parlamento estadual é formado por Ieda Chaves, Dr. Luís do Hospital, Cássio Gois, delegado Lucas Torres, Affonso Cândido, Pedro Fernandes, Ribeiro do Sinpol, Claudia de Jesus, Edevaldo Neves, Drª Taíssa Sousa e Nim Barroso. Ansiedade é a palavra que define o sentimento da população de Rondônia em relação a essa nova formação da ALE-RO. Boa sorte e compromisso com os moradores dessa terra!
 
Polícia Civil 
 
Um detalhe chamou atenção para as listas dos novos deputados federais e estaduais, foi a total ausência de representantes da Polícia Militar. Por outro lado, a Polícia Civil conseguiu emplacar quatro deputados: Delegados Lucas Torres (Estadual), Rodrigo Camargo(Estadual), Thiago Flores (Federal) e o Policial Ribeiro (Estadual). Já estão dizendo ser essa a ‘bancada da bala’ de RO!
 
Tem o que mostrar
 
Para o Governo de Rondônia, o segundo turno será entre os dois Marcos(Rogério e Rocha). Nos bastidores, comenta-se que o embate entre os dois fãs de Bolsonaro, não será nada fácil. Cada um tem seus prós e contras. Marcos Rocha é governador, tem muito o que mostrar e a máquina governamental a seu favor. Já Marcos Rogério é senador, se comunica muito bem e se notabilizou por defender o presidente na famosa CPI da Covid-19. Vale lembrar que ele protagonizou os momentos mais polêmicos dos debates na comissão. Fora isso, precisará apresentar nessa segunda fase da campanha eleitoral, algo mais do que atacar o oponente. Aliás, o povo de Rondônia precisa de projetos e soluções para os problemas, que não são poucos, no seu dia a dia.   
 
 
Um século 
 
Uma leitora da Coluna, professora Ausorina, do distrito de Fortaleza do Abunã, em Porto Velho, nos mandou um flagrante de exercício da democracia. Trata-se da senhora Maria Pereira dos Santos, 100 anos, que no domingo(02) fez questão de votar. Ela é cearense de Pacajus, e veio para Rondônia em 1955, com o marido(falecido), onde tiveram seis filhos. O casal se estabeleceu em Fortaleza do Abunã, local onde dona Maria, vive até hoje. Um belo exemplo de vida e de cidadania. Parabéns!
 
Direito ao esquecimento

Qual você acha que será o resultado do jogo entre Brasil e Suíça nesta segunda-feira (28)?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS