SERTANEJO: Prefeitura de Magé vai pagar R$ 1 milhão por show de Gusttavo Lima

Os gastos públicos com o evento são bem acima do que muitas despesas do município no ano inteiro

SERTANEJO: Prefeitura de Magé vai pagar R$ 1 milhão por show de Gusttavo Lima

Foto: Divulgação

A Prefeitura de Magé (RJ) vai fazer uma grande festa em comemoração aos 457 anos da cidade da Baixada Fluminense. O município vai gastar mais de R$ 1,5 milhão só com apresentações durante o evento — o cachê da atração principal é dez vezes maior que todo o investimento programado pela prefeitura em atividades artísticas e culturais para o ano de 2022.
 
 
Faltando 15 dias para a celebração, a prefeitura ainda nem sabe quanto vai gastar ao todo. O que se sabe é que serão 3 dias de festa, com shows de grandes artistas. 
 
 
O dinheiro para a realização dos shows já foi reservado pelo município. Confira abaixo o preço de cada atração:
 
 
Gusttavo Lima — R$ 1 milhão
 
 
Belo — R$ 180 mil
 
 
Marcelo Falcão — R$ 180 mil
 
 
Pastora Midian Lima — R$ 75 mil
 
 
Comunidade Shalon – R$ 70 mil 
 
 
O custo total dos shows é de R$ 1,5 milhão. Além disso, a prefeitura também irá arcar com toda a estrutura necessária, que consiste na locação de banheiros químicos, montagem de palco, som, luz e até fogos de artifício. Tudo será montado em um terreno no distrito de Piabetá, que fica perto de um lixão. 
 
 
O valor total que vai ser gasto com a estrutura ainda não foi divulgado. A prefeitura fez um pregão para contratar uma empresa que vai prestar o serviço. 
 
 
O termo de referência que guia a contratação descreve o serviço como “locação de estrutura metálica e equipamentos, com montagem, manutenção e desmontagem”. O valor total previsto é de R$ 9,3 milhões. 
 
 
A prefeitura informou que o valor destinado para a contratação da empresa não é apenas para a estrutura da festa de aniversário da cidade. E que os serviços podem ser usados durante 12 meses, a partir da assinatura do contrato, para outros eventos. Também disse que o valor é apenas uma estimativa, que pode nem ser totalmente usado.
 
 
Os gastos públicos com o evento são bem acima do que muitas despesas do município no ano inteiro. O cachê de Belo é mais do que Magé pretende investir em aquisição de equipamentos e veículos para a Secretaria de Segurança Pública em 2022. 
 
 
Também é superior a todo o gasto com construção de unidades habitacionais e treze vezes maior que o previsto para a construção de creches municipais. 
 
 
“Eu acho um absurdo, porque eles deviam gastar com saúde, educação e não com uma festa”, disse uma moradora de Magé.
 
 
O valor do show principal, de R$ 1 milhão, é dez vezes maior que todo o investimento do ano em atividades artísticas e culturais. Também é 500 vezes maior que o valor estimado em campanhas de vacinação. 
 
 
“Tem lugar que precisa de asfalto, tem lugar que precisa de luz. Tem muito lugar precisando de ajuda e ninguém ajuda. Tanta gente precisando de ajuda e ele fazendo festa?”, questionou uma outra moradora da cidade.
 
 
Direito ao esquecimento

O senador Marcos Rogério defendeu o pastor Milton Ribeiro, preso pela Polícia Federal. Qual a sua opinião?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS