AGLOMERAÇÃO: Servidora pública morre de covid-19 após participar de aglomeração pró-Bolsonaro

Nas redes sociais, amigos e familiares lamentaram a perda da servidora pública.

AGLOMERAÇÃO: Servidora pública morre de covid-19 após participar de aglomeração pró-Bolsonaro

Foto: Divulgação

A servidora do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, Jane Toniazzo, morreu no último dia 20, vítima do novo coronavírus. Ela era moradora de Campo Novo do Parecis (396 quilômetros de Cuiabá).
 
Jane foi uma das mato-grossenses que seguiu, no fim de semana retrasado, para Brasília, onde participou de manifestações de apoio ao presidente Jair Bolsonaro. Ela esteve numa caravana junto com familiares e outros militantes bolsonaristas.
 
Informações preliminares apontam que ela já viajou contaminada. Todavia, não apresentava sintomas, que foram desenvolvidos apenas quando retornou a Mato Grosso. A evolução da doença foi rápida e, menos de quatro dias após retornar ao Estado, ela faleceu.
 
Nas redes sociais, amigos e familiares lamentaram a perda da servidora pública. "Triste notícia, minha amiga nos deixa prematuramente. Vai em paz Jane Toniazzo", postou um amigo.
 
A filha dela, Dóris Aline, que também esteve em Brasília no ato de apoio ao presidente, prestou homenagem nas redes sociais. "Eu te amo e te amarei eternamente, o meu amor por ti é do tamanho do pago, e eu vou levar levar comigo todo o seu amor, todos os seus conselhos, todos ensinamentos", escreveu a filha.
 
Nas redes sociais, Jane e a filha se posicionavam como defensoras ferrenha do presidente Jair Bolsonaro. Na viagem a Brasília, a filha postou contra a CPI da Covid, contra o ex-presidente Lula e mensagens que indicam uma possível intervenção militar no país. "Para que os canalhas do Supremo Tribunal Federal não interfiram e respeitem a Constituição #nós autorizamos presidente Bolsonaro", postou a filha. 
 
A Caravana de apoio a Bolsonaro, denominado Movimento Brasil Verde e Amarelo, defendia, entre outras coisas, medidas contrárias ao isolamento social como forma de prevenção à Covid-19. Também pedia o voto impresso nas eleições de 2022 e diversas pautas "bolsonaristas".
 
Já Jane postava diversos links, imagens e vídeos de apoio ao presidente. Um deles foi classificado como "informação falsa" pela própria rede social.
 
OUTROS CASOS
 
Segundo informações, diversos casos de Covid-19 foram registrados em manifestantes de Mato Grosso que seguiram para a manifestação de apoio ao presidente da República no fim de semana de 13, 14 e 15 de maio. Alguns deles estão internados em hospitais em estado grave. A maioria, contudo, está com sintomas leves e cumpre isolamento domiciliar.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

V DA S Parnaiba

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS