PARA TODOS: Reino Unido garante vacina anticovid para imigrantes sem documentos

O Reino Unido registra mais de 112.000 mortes por causa da pandemia, o maior número de qualquer país da Europa

PARA TODOS: Reino Unido garante vacina anticovid para imigrantes sem documentos

Foto: Divulgação

 

Os imigrantes sem documentos no Reino Unido terão o direito de se vacinar gratuitamente contra a covid-19 sem precisar comprovar sua permissão de residência, afirmou o governo britânico nesta segunda-feira (8).
 
 
"As vacinas contra o coronavírus serão oferecidas a todas as pessoas que vivam no Reino Unido gratuitamente, independentemente de seu status migratório", afirmou um porta-voz do governo.
 
"Pessoas cadastradas para uma consulta com um clínico geral são contatadas o mais rápido possível e estamos trabalhando em estreita colaboração com organizações externas para também entrar em contato com aqueles que não estão registrados, para garantir que tenham acesso à vacina", acrescentou.
 
O ministério do Interior tem acesso a determinados dados sobre os pacientes registrados nas consultas do serviço público de saúde NHS.
 
O governo, no entanto, comunicou aos responsáveis da saúde pública que a vacinação, assim como os testes de diagnóstico e o tratamento do coronavírus, não estarão sujeitos aos controles do status migratório.
 
 
O Reino Unido registra mais de 112.000 mortes por causa da pandemia, o maior número de qualquer país da Europa.
 
Sua estratégia é focada em uma campanha de vacinação em massa que já permitiu administrar uma primeira dose em mais de 12 milhões de pessoas. No entanto, as autoridades temem que alguns setores da população não se vacinem por desconfiança, especialmente entre as minorias.
 
Algumas estimativas apontam 1,3 milhão de imigrantes sem documentos no Reino Unido.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS