ELAS: 9ª edição da Rondônia Rural Show homenageia mulheres do agronegócio

RRS Internacional deste ano mostrará a potencialidade da força feminina no agronegócio de Rondônia

ELAS:  9ª edição da Rondônia Rural Show homenageia mulheres do agronegócio

Foto: Divulgação

Com o tema: “Mulheres do Agro”, a 9ª edição da Rondônia Rural Show Internacional, maior evento de agronegócio e tecnologia da região Norte, homenageia as mulheres de Rondônia que trabalham e se dedicam todos os dias ao trabalho do campo. 
 
A coordenadora da feira, Regiane Lucas, comentou que o objetivo da escolha do tema desta edição é valorizar e destacar a importância da presença da mulher no agro. “Eu, quanto coordenadora da feira, fiquei muito feliz pelo tema. Uma escolha que valoriza todas as mulheres e precisamos desses incentivos. Sabemos do nosso potencial, mas quando vem uma valorização assim dá mais garra, força e vontade de buscar algo a mais, porque enfrentamos muitas dificuldades. A feira mostrará a potencialidade da força feminina no agronegócio de Rondônia”, reforçou.
 
O agronegócio sempre foi um setor predominantemente liderado pelos homens, porém, com o passar dos anos, as mulheres começaram a se destacar no setor. Elas sempre estiveram no campo acompanhando os maridos, pais, irmãos, tios e avôs, mas hoje, a realidade é outra, elas ganharam espaço e ocupam cargos de lideranças nos negócios da propriedade.
 
Elianete Gomes gerencia uma agroindústria de coco e participa desde a 6ª edição da feira
 
Um exemplo, é o caso da produtora Elianete Gomes, que lidera uma agroindústria há dez anos, em Porto Velho. Segundo ela, este reconhecimento na feira será um momento histórico para as mulheres do agro.
 
“Hoje as mulheres estão sendo representadas dentro do agro que era algo muito escondido. A mulher sempre fez algo, sempre estava presente na área e agora estamos sendo reconhecidas em nível internacional. Eu sou muito feliz de fazer parte do agro e deste momento histórico. Para nós mulheres sermos representadas dentro do agronegócio é de grande importância. Não foi um degrau que subimos, foram mais de dez degraus. Eu fico lisonjeada pela homenagem, e este ano é especial, porque temos uma mulher coordenando, pela primeira vez, a RRS Internacional”, destacou a produtora.
 
Elianete e a família trabalham com a produção de doces de coco, a famosa “cocada” e esta será a 6ª participação na RRS Internacional. Hoje, a agroindústria é consolidada e reconhecida dentro e fora do Estado. A produtora comercializa seus produtos para os estados de Minas Gerais, Rio Branco, Mato Grosso e Manaus.
 
“A primeira vez que eu participei da RRS Internacional ainda não éramos uma agroindústria consolidada. Ter a oportunidade de participar da feira me deu mais força, porque foi ali, que eu vi que o meu produto era bem aceito. As pessoas me procuraram para abrir negócios; eu fiz contratos lá dentro e isso me fortaleceu para consolidar a minha empresa. Vamos trabalhar para inovar e levar novidades para a feira neste ano”, relatou.
 
A engenheira agrônoma Vanessa Rack, trabalha diretamente com os produtores rurais, e hoje, é responsável por coordenar a equipe de campo de sua empresa, do ramo de alimentício. Vanessa participa da feira desde a 1ª edição da RRS Internacional. Segundo ela, o tema “Mulheres do Agro” é de grande importância para mostrar a ação da mulher da porteira para dentro, do papel dela dentro da família e da propriedade.
 
Vanessa Rack participa da feira desde a 1ª edição
 
“A mulher assume um papel agora de empresária, de fazer parte do desenvolvimento dos negócios da família. A mulher não agrega somente nas funções domésticas, mas também nas funções de trabalho. Esse tema vem colocar à tona a importância da mulher que, na verdade, não assumiu um novo papel, só está mostrando a importância que ela sempre teve nesse processo. A mulher já tinha essa função e sempre ajudou o esposo, a família; um espaço que sempre existiu, só que agora é valorizado e respeitado”, pontou Vanessa Rack.
 
Durante a RRS Internacional, as mulheres serão homenageadas e receberão atendimentos especializados e vários benefícios. “Estamos preparando tudo para recebê-las. Produtoras de várias cadeias produtivas serão enaltecidas, serão disponibilizados equipamentos na cor rosa; também solicitei aos expositores e cooperativas de créditos para realizarem uma campanha diferenciada para as mulheres, onde poderão fazer novas aquisições e acordos com valores diferenciados e incentivos. Teremos muitas novidades positivas para elas”, finalizou.
 
A feira, será realizada de 23 a 28 de maio, no Centro Tecnológico Vandeci Rack, na cidade de Ji-Paraná. Uma iniciativa do Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura – Seagri, em parceria com diversas secretarias estaduais e apoio da iniciativa privada. A expectativa é bater recorde de público, em torno de 200 mil visitantes.
Direito ao esquecimento

Você concorda que os vereadores de Porto Velho continuem atuando online, mesmo com a queda nos casos de covid-19?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS