BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

MERCADO: China concentra compras de soja no Brasil e pode importar perto de 10 mi de t

O mês de abril pode registrar um novo recorde de exportações de soja no país

NOTÍCIAS AGRÍCOLAS

17 de Abril de 2020 às 16:22

Atualizada em : 17 de Abril de 2020 às 16:27

Foto: Divulgação

O ritmo dos embarques e envio de soja do Brasil para a China se intensificou de forma bastante expressiva nas últimas semanas e mostra que o país se mantém como a principal origem da oleaginosa para a nação asiática. O lineup dos próximos três meses do Brasil chega a 29 milhões de toneladas e não só a vantagem cambial, mas a qualidade da soja nacional mantém a concentração das compras chinesas no mercado brasileiro.

 

A imagem abaixo, do sistema Refinitiv Eikon e trazida pela analista da Reuters Internacional Karen Braun, mostra o fluxo de navios carregando soja da América do Sul para a China em 14 de abril deste ano. Na sequência, a imagem traz as condições em 23 de março de 2019.  

 

O mês de abril pode registrar um novo recorde de exportações de soja no país, chegando a superar as 12 milhões de toneladas, de acordo com os números da Secex (Secretaria de Comércio Exterior). No acumulado do ano já são mais de 24 milhões de toneladas embarcadas, contra pouco mais de 20 milhões do ano passado, nesse mesmo período.

 

Enquanto isso, as vendas semanais para exportação dos EUA marcaram, nesta quinta-feira (16), a mínima do ano com apenas 245 mil toneladas, enquanto o mercado esperava algo entre 300 mil e 600 mil toneladas. Praticamente não foram registradas vendas para os chineses e o Egito foi o maior comprador dos EUA. 

Galeria de Fotos da Notícia

MERCADO: China concentra compras de soja no Brasil e pode importar perto de 10 mi de t

MERCADO: China concentra compras de soja no Brasil e pode importar perto de 10 mi de t

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS