BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

SAFRA: Produção de grãos deverá atingir 2,31 milhões de toneladas em Rondônia

O volume é 5,4% superior ao registrado no período passado, como aponta o 7º Levantamento da Safra de Grãos divulgado nesta quinta-feira (9) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab)

ASSESSORIA/CONAB

09 de Abril de 2020 às 14:44

Foto: Divulgação

A produção de grãos em Rondônia poderá chegar a 2,31 milhões de toneladas na safra 2019/2020. O volume é 5,4% superior ao registrado no período passado, como aponta o 7º Levantamento da Safra de Grãos divulgado nesta quinta-feira (9) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).
A soja é o grande destaque entre as culturas cultivadas. Com 98% da colheita encerrada, o estado deve registrar 1,17 milhão de toneladas produzidas, recorde histórico para Rondônia. Apesar do atraso no início do plantio, o clima colaborou para manter a produtividade média em 3.365 quilos por hectare. Atualmente o norte rondoniense continua a registrar ocorrência de chuvas, o que dificulta a entrada das máquinas e por isso a colheita não foi concluída.

 

Já em relação ao milho, a área de cultivo teve um aumento de 4,1% e a produção deve chegar a 971,5 mil de toneladas. Enquanto a colheita da primeira safra do cereal avança, com índices que chegam a 70% da área plantada do produto, a semeadura da segunda já está encerrada no estado. Com boas condições da lavoura, a expectativa é que a segunda safra responda por 96% da colheita do milho.

 

O arroz é outro importante grão para o estado. Os produtores desta cultura apresentam bons índices de colheita, ultrapassando 65% da área. Por sua vez, o feijão registrou um atraso de plantio na segunda safra do grão. Mesmo assim, a produção deve se manter estável com expectativa de colheita de 5,4 mil toneladas. Para o algodão, toda área de cultivo já foi semeada e a previsão é de uma produção de 36,8 mil toneladas de algodão em caroço.

 

Mais informações sobre o andamento da safra de grãos no país podem ser encontradas no boletim completo do 7º levantamento disponível na página da Companhia.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS