BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

Será que você votou bem na última eleição para vereador?

COLUNA

06 de Janeiro de 2020 às 08:49

2020 é ano de eleições. Vamos escolher vinte e um vereadores, incluindo o prefeito. São eles que vão comandar os destinos do município de Porto Velho, por um período de quatro anos. É chagada a hora, portanto, de uma reflexão. Será que você votou bem nas últimas eleições para o Executivo e a Câmara Municipal? Observe e preste atenção: qual o trabalho que o vereador que você ajudou a eleger fez pelo povo? Qual a obra ou quais os serviços que ele prestou ao nosso município? Será que você tem motivos para se orgulhar de seu representante no Legislativo Municipal?  

 

Se sim, é só repetir a dose. Caso contrário, a saída é o ostracismo. Essa é uma das vantagens da democracia, qual seja a alternância de poder. Aproxima-se a tão esperada oportunidade para manter o que precisa ser mantido e mudar o que precisa ser mudado. Antes de qualquer decisão, porém, procure responder as perguntas acima, seja sozinho, no seu local de trabalho, conversando com os colegas ou em sua casa, dialogando com a sua família. É provável que você só encontre respostas negativas, com raríssimas exceções, apenas para confirmar a regra. Nesse caso, cumpre fazer uma espécie de meditação e profunda revisão, que implique numa mudança radical da realidade politica no Município. Pense bem, pois todo cuidado é pouco. A sede do poder pelo poder é muito grande.

 

A verdade é uma só. Quem está dentro quer continuar. Alguns até que fazem jus à reeleição. Injusto seria não reconhecer o trabalho social desenvolvido pelos vereadores pastor Edésio Fernandes e Luan da TV, em parceria com seu pai, deputado estadual Aécio da TV. E o que dizer da luta incansável do vereador Aleks Palitot por uma educação de qualidade. Impressiona também sua defesa pela conservação do patrimônio histórico e cultural. Os taxistas têm no vereador Edwilson Negreiros um representante incansável. Os trabalhadores do transporte rodoviário de cargas encontram no vereador Antonio Carlos da Silva (presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado de Rondônia - SINTTRAR/RO) o apoio de que precisam quando sentem seus direitos ameaçados. Graças à atuação proficiente do vereador Alan Queiroz, os cirurgiões-dentistas da capital passaram a receber o Piso Nacional, que é de quatro salários mínimos e meio, uma antiga e justa reivindicação da categorial, da qual Alan faz parte, como servidor do quadro efetivo da Secretaria Municipal de Saúde (SEMUSA). Como presidente da Câmara Municipal de Porto Velho, Maurício Carvalho entrou para a galeria dos melhores, senão para todos, mas, com certeza, para a maioria dos servidores da Casa. Sua administração foi marcada pela transparência e pelo respeito à coisa pública. Há outros nomes, mas, há, também, quem até hoje ainda não disse a que veio.

 

Do lado de fora, não são poucos os que vão brigar para entrar, em sua maioria, neófitos, sem nenhum espírito público ou vocação politica, mas tem muita gente boa na fila de espera. Prepare-se! Logo começará a temporada de caça ao voto. Você ouvirá muitas promessas e juras de amor eterno, mas não se engane. Muitos virão travestidos de lobo em pele de cordeiro, dizendo uma coisa, quando, na verdade, é outra completamente diferente. Vão querer tapear você, mais uma vez. Cuidado, muito cuidado, principalmente com os compradores de voto, que pensam que sua consciência é uma mercadoria barata, exposta à venda numa birosca de esquina. A esses, você precisa responder: Chapeuzinho Vermelho não mora mais aqui.

 

Espero que o eleitor portovelhense, inspirado no mais puro sentimento de consciência, dê uma resposta dura e definitiva aos que confundem politica com profissão rendosa, aos que não têm a noção exata do que seja o mandato popular, confundindo-o com instrumento de troca. Votar é um ato de seriedade.   

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS