BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

Saiba de quais alimentos devem ser retiradas 144 mil toneladas de açúcar até 2022

No caso das crianças, o açúcar de bebidas como refrigerante e suco de caixinha já é considerado vilão em relação à obesidade infantil

@emiliajornalista

18 de Agosto de 2020 às 14:12

Atualizada em : 18 de Agosto de 2020 às 17:02

Foto: Divulgação

Reduzir 144 mil toneladas de açúcar em produtos como iogurtes, sucos de caixinha, refrigerantes e bolachas recheadas é a meta do Ministério da Saúde até 2022.

 

O foco é atenuar doenças como diabetes e hipertensão, especialmente entre as crianças.

 

 

O acordo com as indústrias foi fechado em 2018, mas o projeto é de 2007. As metas estão sendo cumpridas de forma gradativa pelas indústrias.

 

No acordo consta que este ano (2020) a Anvisa faria a primeira checagem dos rótulos dos alimentos (Não consegui contato com o MS para confirmar se essa ação mesmo com a pandemia ainda srá realizada). A segunda checagem está prevista para 2022.

 

Categorias incluídas

 

Bebidas açucaradas, biscoitos, bolos e misturas, achocolatados e produtos lácteos.

 

Dados do MS mostra que brasileiro consome 80g/dia (18 colheres de chá) de açúcar - quase o dobro da dose recomendada.

 

Sendo que 64% desse açúcar é o chamado adicionado (aquele que vem do açucareiro pelas próprias mãos do consumidor; 36% da indústria e 16% intrínseco, como a lactose e a frutose presente em alimentos in natura.

 

No caso das crianças, o açúcar de bebidas como refrigerante e suco de caixinha já é considerado vilão em relação à obesidade infantil.

 

Fonte: Revista Crescer

Edição: @emiliajornalista (acompanhe no insta e no face)

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS