RESTRIÇÕES: Argentina voltará ao confinamento até o dia 31 de maio

A decisão ocorre em meio ao aumento acelerado no número de casos de Covid-19

RESTRIÇÕES: Argentina voltará ao confinamento até o dia 31 de maio

Foto: Divulgação

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, anunciou na noite da última quinta-feira (20) que o país voltará ao confinamento até 31 de maio. Nos próximos nove dias só será permitido circular na área de residência, o que acarretará na paralisação do turismo interno pela primeira vez desde novembro do ano passado.
 
A decisão ocorre em meio ao aumento acelerado no número de casos de Covid-19 nas últimas semanas, que levou o país ao pior momento desde o início da pandemia, com 35 mil casos e mais de 700 mortos na última quarta-feira (19).
 
O horário e circulação no país será das 6h às 18h e restrito a serviços essenciais. Os voos domésticos não foram paralisados, mas estão restritos a viagens essenciais. O mesmo deve acontecer para os voos internacionais.
 
Com o objetivo de trazer um pouco de tranquilidade à população e à economia, o presidente argentino garantiu que no dia 31 de maio não haverá prorrogação da quarentena, somente um retorno às restrições vigentes até sexta-feira (21).
 
CONFIRA O ANÚNCIO: 
 
 
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

P S Sabara - ME

Papéis Cometa LTDA

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS