DEPUTADOS: ALE/RO verifica pautas da educação e defende piso salarial nacional

Marcelo Cruz destacou reunião com mães atípicas, na semana passada, e as pautas reivindicadas.

DEPUTADOS: ALE/RO verifica pautas da educação e defende piso salarial nacional

Foto: Assessoria

O gabinete da presidência da Assembleia Legislativa foi espaço democrático de debate sobre a educação e suas prioridades, na manhã da última terça-feira (21) quando a secretária de Estado da Educação, professora Ana Lúcia Pacini, foi recebida pelo presidente da Casa de Leis, deputado Marcelo Cruz (Patriota) e pelos deputados Alan Queiroz (Podemos), Delegado Camargo (Republicanos) e Cirone Deiró (União Brasil).
 
 
Na conversa, pautas importantes que englobam e valorizam o setor educacional em Rondônia, como frisou o deputado Marcelo Cruz, que destacou reunião com mães atípicas, na semana passada, momento em que apresentaram pautas importantes, inclusive sobre a capacitação de professores que irão trabalhar com essas crianças, e que devem ser repassadas a Seduc.
 
 
A secretária esclareceu que a ementa desta pauta está sendo ajustada para melhorar cada vez mais o atendimento. “Essa parte pedagógica conta, agora, com a participação de mães atípicas junto a equipe. Isso vai ajudar muito na elaboração de pautas para atender a classe. Temos a preocupação de atender as crianças da maneira mais apropriada”, destacou ela.
 
 
O deputado Delegado Camargo cobrou ações da Seduc com relação a sala de recursos e a contratação dos monitores para educação inclusiva. O deputado entende que a pauta da educação inclusiva deve ser uma das prioridades do governo do estado, pois sabe as dificuldades que as famílias atípicas enfrentam para garantir o mínimo de conforto e acessibilidade.
 
 
O deputado Alan Queiroz cobrou matéria de autoria do Poder Executivo para tratar sobre o piso salarial dos professores seja equiparado ao nacional da classe. O parlamentar defendeu que o reajuste do piso salarial para os profissionais do magistério encontra-se no âmbito da política de valorização profissional. “Precisamos receber essa mensagem do Executivo, o quanto antes, e aprovar nesta Casa o reconhecimento dessa classe tão importante para sociedade. Estamos felizes em saber que a mensagem já está sendo preparada”, disse.
 
 
Durante a reunião, o deputado Cirone Deiró cobrou uma melhor qualificação na formação dos profissionais que atuam com educação inclusiva no estado, especialmente, os que atuam no ensino de Educação a Distância (EaD). Destacou a audiência pública realizada por ele, na última segunda-feira (20), onde reuniu diversas mães atípicas e tratou sobre as maiores demandas. “Precisamos avançar nesse tema para melhor atender as famílias”, concluiu Deiró.
 
 
Ao finalizar, a secretária Ana Lúcia Pacini enalteceu o posicionamento do governador Marcos Rocha (União Brasil), como grande defensor das causas inclusivas.
“Temos o compromisso de atender todos os nossos alunos de forma igualitária. Nossa equipe da Seduc já trabalha em programas e projetos de inclusão e busca melhorar cada vez mais os que já estão em prática. Temos esse compromisso de estar junto ao Poder Legislativo ajustando uma melhor educação em Rondônia”.
Direito ao esquecimento

Qual é a maior dificuldade no desenvolvimento econômico de Rondônia?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS