ELEIÇÕES 2022: TRE vai julgar cassações de Rocha, Ieda, Bagattoli e Edevaldo

Todas as ações dizem respeito ao abuso de poder político, econômico e uso da máquina pública em campanha eleitoral

ELEIÇÕES 2022: TRE vai julgar cassações de Rocha, Ieda, Bagattoli e Edevaldo

Foto: Divulgação

 

O Tribunal Regional Eleitoral deve dar início a julgamentos de pedidos de cassação de mandatos do governador eleito Marcos Rocha (UB), do senador Jaime Bagattoli, dos deputados estaduais Ieda Chaves e Edevaldo Neves.
 
No caso de Marcos Rocha são três ações, uma do candidato derrotado Marcos Rogério (PL), uma de Daniel Pereira e outra da coligação de Marcos Rogério. Todas alegam ‘abuso de poder’ durante as eleições de 2022.
 
Jaime Bagattoli também está sendo alvo de pedido de cassação, junto com seu suplente, também por abuso.
 
Já contra a deputada eleita Ieda Chaves tramita uma ação por abuso de poder político e uso da máquina pública (prefeitura de Porto Velho) para sua campanha eleitoral. Ieda é esposa do prefeito Hildon Chaves e teria usado sua condição de primeira dama para aparecer em eventos e ações do município.
 
O deputado estadual eleito Edevaldo Neves também responde por abuso. Ele teria utilizado toda a estrutura do gabinete de vereador na Câmara de Porto Velho em sua campanha.
 
Ainda não foram divulgadas as datas de início dos julgamentos.
Direito ao esquecimento
Como você avalia a gestão do prefeito Armando em Seringueiras?
Qual pré-candidato à Prefeitura de Ouro Preto do Oeste tem sua preferência?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS