DESCONHECIDO: Vereador de Porto Velho cai na Lei Seca e diz que é comerciante

Ele se envolveu em um acidente em Porto Velho e PMs não o reconheceram, além dele omitir que era parlamentar

DESCONHECIDO: Vereador de Porto Velho cai na Lei Seca e diz que é comerciante

Foto: Wanoel Martins não falou para PMs que era vereador - Divulgação

No final da tarde da última terça-feira (21), segundo boletim de ocorrência que o Rondoniaovivo teve acesso, o vereador Wanoel Martins (PV) dirigia uma caminhonete Hilux, que se envolveu em um acidente com um Onix, no cruzamento das Avenidas Farquar com a Abunã, no bairro Arigolândia.

 

Até aí, nada demais, já que houve apenas danos materiais. Os policiais militares do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (BPTran) ainda o convidaram a fazer o teste do bafômetro, mas ele se recusou a fazer.

 

Diante disso, os PMs recolheram a carteira de habilitação dele e aplicaram uma multa, de R$ 2.934,70, além de não poder dirigir por um ano, de acordo com o artigo 165-A do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

 

Wanoel não se identificou como vereador de Porto Velho, mas sim como comerciante.

 

 

Como os policiais não o reconheceram, colocaram esta profissão no registro da ocorrência. Porém, os demais dados como nome completo (Wanoel Chaves Martins) e a data de nascimento (24 de junho de 1980) são iguais à sua identificação que consta no portal da Câmara de Vereadores da capital.

 

“A maioria da população de Porto Velho não conhece esses novos vereadores. Por isso, os policiais deixaram passar batido. É uma prova de que nossos parlamentares têm que mostrar mais serviço”, comentou uma fonte que atua nos bastidores da Casa de Leis Municipal.

 

Dados do parlamentar bateram com os dados fornecidos para confecção do boletim de ocorrência - Foto: Reprodução

 

Custa caro

 

Apesar de ser desconhecido da população, o vereador Wanoel tem despesas altas para manutenção do seu mandato. De acordo com o Portal Transparência da Câmara de Vereadores, somente no período de janeiro a junho de 2021, o vereador custou aos cofres públicos municipais cerca de 90 mil reais somente em despesas extras, fora seu gordo salário de R$ 15.355,29 por mês.

 

Salário de Wanoel é bem "gordinho" para um parlamentar de nome diferente e que poucos conhecem - Foto: Reprodução

 

Os valores foram pagos por meio do empenho Nº 000026/2021, no valor exato de R$ 87.180,48. O detalhamento pode ser conferido clicando aqui.

 

Para se ter uma ideia da gastança, o parlamentar apresentou notas fiscais de abastecimento dos seus carros que beiram os 25 mil reais no semestre acima citado. No mês de fevereiro, mandou arrumar a suspensão do seu Toyota Corolla e o contribuinte portovelhense pagou cerca de 2.500 reais no conserto.

 

Wanoel Martins não é conhecido da população, mas gasta bastante dinheiro para manter seu mandato - Foto: Reprodução

Direito ao esquecimento

Quem você apoiaria para ser senador por Rondônia?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Raia Drogasil

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS