CIRONE DEIRÓ: Vencedor da 6ª edição do Concafé é atendido com emenda parlamentar de deputado

O trabalho do parlamentar em prol da agricultura rondoniense já resultou na liberação de mais de R$ 2 milhões destinados as associações de produtores rurais

CIRONE DEIRÓ: Vencedor da 6ª edição do Concafé é atendido com emenda parlamentar de deputado

Foto: Divulgação

“A 6ª edição do Concurso de Qualidade e Sustentabilidade-Concafé revelou o potencial da cafeicultura rondoniense e sua importância para a geração de emprego e renda no campo e na cidade”, afirmou o deputado Cirone Deiró (PODE), ao registrar que em uma propriedade de até cinco hectares a renda anual da família pode chegar a R$ 120 mil. Na presidência da Comissão de Agricultura o deputado Cirone priorizou as ações de apoio e incentivo a cafeicultura. Com mais de 25 mil famílias produtoras, Rondônia é o 5º maior produtor de café do país e o maior produtor da Região Norte. A 6ª edição do Concafé teve participantes de 30 municípios.
 
O trabalho do deputado Cirone Deiró em prol do desenvolvimento da agricultura rondoniense já resultou na liberação de recursos de emenda parlamentar no valor de mais de R$ 2 milhões destinados as associações, iniciativa que tem contribuído para o fortalecimento da atividade no campo.  Um exemplo dos resultados positivos do trabalho do deputado Cirone foi o recurso destinado para Associação dos Produtores Rurais Povo Unido-APRUPU, localizada na linha 144, município de Novo Horizonte do Oeste, que tem na presidência o cafeicultor Ronieli Hel, campeão da 6ª edição do Concafé.
 
Muito emocionado, Ronieli Hel agradeceu o apoio e parceria do deputado Cirone, especialmente aos cafeicultores que receberam recursos de emenda parlamentar para a aquisição de secadores e máquinas de beneficiamento de café. Além do secador de grãos que já havia recebido por meio de emenda parlamentar do deputado, ao conquistar o 1º lugar no Cocafé, Ronieli Hel ganhou um trator cafeeiro cabinado.
 
“Encontramos no deputado Cirone a parceria necessária para avançarmos com a produção no campo. Estamos acompanhando o trabalho dele em parceria com o governador Marcos Rocha e reconhecemos seu compromisso com quem vive da agricultura”, destacou.
 
Na avaliação do deputado, investir na agricultura é assegurar emprego e renda em toda a cadeia produtiva da agricultura. “É perceptível que nos municípios onde a agricultura é forte o movimento no comércio local aumenta significativamente em razão do dinheiro que a agricultura movimenta”, justificou. Cirone lembrou que dados do Ministério da Agricultura indicam que o café está entre os cinco principais produtos agrícolas do país e Rondônia tem se destacado na produção do grão.  
 
Para o deputado Cirone o uso de novas tecnologias, mudas clonais de qualidade são algumas das práticas adotadas que contribuíram para colocar Rondônia em posição de destaque na cafeicultura. Medidas que elevaram a produção de oito a dez sacas por hectare, para até 120 sacas por hectare.
 
 
Ele citou análise da Companhia Nacional de Abastecimento-Conab, indicando que até setembro de 2021, Rondônia já produziu mais de dois milhões em sacas de café conilon beneficiado, em uma área de 63,6 mil hectares. “Esses números revelam que a produtividade da cafeicultura teve crescimento significativo, se considerarmos que a área plantada na década de 90 passava de 150 mil hectares”, assinalou.
 
Cirone enalteceu o trabalho de todos os técnicos e servidores da Secretaria de Estado da Agricultura-Seagri, da Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado-Emater e da Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril-Idaron pelo excelente trabalho que resultou no sucesso absoluto da 6ª edição Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Café de Rondônia-Concafé. Além dos representantes da Agência Brasileira de Desenvolvimento- ABDI.
 
Cirone Deiró fez questão de parabenizar todos os participantes do Concafé, especialmente os premiados pela qualidade e sustentabilidade do grão. 
 
1º lugar: Ronieli Hel, Novo Horizonte do Oeste
 
2ª lugar: Valdir Aruá na Terra Indígena Rio Branco
 
3° lugar:  João Alves da Luz, de Cacoal
 
4° lugar: Onofre Teixeira, de Novo Horizonte do Oeste
 
5° lugar: Ronaldo da Silva Bento, de Cacoal
 
6° lugar: Alessadra Inácio Lopes Frez, de Novo Horizonte do Oeste
 
7° lugar: Aldair Zimerman Schimitz, de Cacoal
 
Destaques na sustentabilidade
 
Arlei Gonçalves da Cruz, de Itapuã do Oeste
 
Antônio Geraldo Feitosa, de Campo Novo de Rondônia
 
Maria Da Gloria Bermond, de Vale do Anari
 
Vitorio Leite, de São Miguel do Guaporé
 
Edio Felberg, de Alta Floresta do Oeste
 
Ronaldo da Silva Bento, de Cacoal
 
Zilanda Pereira Souza, de Vilhena
Direito ao esquecimento

Você concorda que a avenida 7 de Setembro, no centro de Porto Velho, seja de mão dupla?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública. Vote quantas vezes quiser!

MAIS NOTÍCIAS

Francisco Fornazier

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS