REFORMA ADMINISTRATIVA: Nazif defende serviços públicos dignos e é contrário à PEC 32

A proposta, caso não seja barrada na Comissão Especial, seguirá para o Plenário

REFORMA ADMINISTRATIVA: Nazif defende serviços públicos dignos e é contrário à PEC 32

Foto: Divulgação

O deputado federal Mauro Nazif (PSB - RO), discursou na Comissão Especial da Reforma Administrativa, na Câmara dos Deputados, na quarta, 15, sobre a PEC 32/20.
 
Em sua fala o parlamentar argumentou que a PEC 32/20 é o maior retrocesso já visto no Congresso Nacional e destacou, “Essa proposta nem deveria estar sendo discutida, ela não tem nada de positivo, ela vai ser o fim dos concursos públicos e da estabilidade do servidor, e isso ficou muito claro nas falas do relator, que mente quando diz que não vai acabar com a estabilidade do servidor, como não? Se nos contratos temporários, segundo a proposta o tempo máximo de contratação é de dez anos. E isto, ainda abre brecha para o “Trem da alegria”, nós estamos às vésperas de uma eleição, imagine chamar as pessoas para preencherem vagas nos serviços públicos sem concurso, para depois da eleição mandar embora, é uma vergonha e um retrocesso sem tamanho!”.
 
 “Ao invés de excluir, devemos pensar em incluir, incluir nas Carreiras Típicas de Estado, as áreas da saúde, da educação, da parte social e da segurança pública. Mas esta PEC 32/20, não tem nada disso, seja no substitutivo do relator ou no projeto na íntegra do executivo, estes dois projetos só levam o serviço público e o servidor público para o caixão. E é por esta razão que eu sou totalmente contra a PEC 32/20! E vamos à luta, para barrar este retrocesso para o Brasil!”, disse Nazif.
 
A proposta, caso não seja barrada na Comissão Especial, seguirá para o Plenário.
Direito ao esquecimento

Qual é a rede social que você mais acessa?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública.

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS