TEA: Alex Silva pede capacitação de profissionais que atuam na inclusão de alunos

A medida se deu, devido ao triste episódio ocorrido com a mãe Mabel Colares, em que seu filho de 9 anos de idade, ao retornar às aulas presenciais, teve que ser retirado da sala de aula de uma escola em Porto Velho

TEA: Alex Silva pede capacitação de profissionais que atuam na inclusão de alunos

Foto: Divulgação

O deputado estadual Alex Silva (Republicanos), encaminhou Requerimento ao Poder Executivo, extenso à Secretaria de Estado da Educação - SEDUC, solicitando providências imediatas quanto à capacitação de profissionais no sentido de trabalhar para a inclusão de pessoas que exijam tratamento especial em sala de aula, como também informações sobre quais escolas disponibilizam vagas e atendimento especial de acompanhamento à pessoas com Transtorno de Espectro Autista – TEA. 
 
A medida se deu, devido ao triste episódio ocorrido com a mãe Mabel Colares, em que seu filho de 9 anos de idade, ao retornar às aulas presenciais, teve que ser retirado da sala de aula de uma escola em Porto Velho, por falta de profissional adequado para atendimento a alunos autistas. Isso, gerou um alerta sobre a necessidade de atender adequadamente crianças e adolescentes com Autismo, e trabalhar pela inclusão desses alunos especiais em sala de aula.
 
O parlamentar contou que devido a essa dificuldade enfrentada pelas escolas, já havia atendido ao apelo da direção da Escola Municipal Antônio Ferreira, que oferece esse tipo de atendimento, e em janeiro deste ano liberou emenda parlamentar de R$120 mil para investimento na acessibilidade dos alunos especiais. 
 
“É dever do Estado, capacitar nossos profissionais da educação para atendimentos de alunos especiais e disponibilizar vagas nas escolas, e essa necessidade precisa ser suprida”, relatou Alex Silva.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS