CIRONE DEIRÓ: Deputado defende valorização igualitária para todas as forças de segurança em RO

Parlamentar também levantou questionamentos quanto à possibilidade da privatização da BR-364

CIRONE DEIRÓ: Deputado defende valorização igualitária para todas as forças de segurança em RO

Foto: Divulgação

O deputado Cirone Deiró (Podemos), durante seu pronunciamento na sessão da última terça-feira (06), falou sobre sua satisfação em receber do Poder Executivo, três Mensagens referentes à Segurança Pública do Estado de Rondônia, no que tange o realinhamento e o reconhecimento dos serviços prestados pela Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil e Politec.
 
No entanto, Cirone Deiró disse sentir falta das mensagens do Executivo em favor da Polícia Penal e dos Socioeducadores. Segundo o deputado, é de suma importância que o Governo reconheça a Segurança Pública num todo.
 
“Todos devem ser valorizados, afinal, todos prestam um excelente trabalho no nosso estado e por isso, nós temos que ter esse reconhecimento. Como bem disse meu colega deputado Jair Montes (Avante), a PM faz o trabalho ostensivo, de estar na rua no dia a dia, a Polícia Civil faz o trabalho de investigação, o Corpo de Bombeiros executa os combates a incêndios, defesa civil, resgate, busca e salvamento e a Polícia Penal, por sua vez, se dedica aos trabalhos nos presídios. Todos têm seu papel, então que a valorização seja igualitária para todos”, declarou Deiró.
 
O deputado, ao fazer coro com o discurso de outros parlamentares, reforçou o pedido para que o Estado reconheça o trabalho dos policiais penais, dos socioeducadores e que sejam encaminhadas as mensagens para assegurar a essas classes, a devida valorização profissional.
 
Cirone Deiró também pediu a regulamentação da Polícia Penal em Rondônia, segundo ele, já votada na Assembleia e no Congresso Nacional.
 
“Espero que hoje possamos votar essas mensagens, que estão aqui na Casa, mas que sejam encaminhadas também, as mensagens das classes que não estão sendo contempladas neste momento. Outras categorias como os servidores do Detran, da Saúde, Sedam e demais classes que não têm seu salário e seu plano de carreira reconhecidos”, enfatizou o deputado.
 
O deputado ainda falou da necessidade do Governo, para continuar a avançar e valorizar os servidores e as pessoas que arrecadam e pagam seus impostos, que sejam apresentados planos e projetos macros para Rondônia.
 
“E um dos temas que aflige a população desse estado, onde muitas vidas foram ceifadas chama-se BR-364. Estive na semana passada, em Brasília, com nosso senador Marcos Rogério, presidente da Comissão de Infraestrutura do Senado, com quem protocolei um ofício, assim como, no Ministério da Infraestrutura, protocolando com o ministro Tarcísio Gomes de Freitas, e estarei com o presidente da nossa bancada federal, deputado Lúcio Mosquini, para que possamos fazer uma grande audiência pública e aguardar do Ministério da Infraestrutura uma posição do que eles pretendem fazer em relação a BR-364 à partir do ano que vem”, informou Cirone Deiró.
 
Para o deputado, a população e os parlamentares precisam saber o que será feiro na rodovia que, segundo ele, já existe um projeto para a privatização da BR-364, no trecho entre Comodoro, no Mato Grosso, e Porto Velho.
 
“Não é simplesmente o Governo Federal decidir o que vai fazer e enfiar goela abaixo no povo de Rondônia. Precisamos entender o que será feita essa privatização, quais as obrigações de quem receberá essa concessão, será duplicada, onde serão os pontos de pedágio, afinal, temos que respeitar o povo que veio para cá na década de 70 e sofreu nessas estradas. Hoje, depois de 40 anos que foi feito esse asfalto, temos estradas precárias, ceifando vidas. Vamos chamar para esta Casa de Leis os setores produtivos, as transportadoras, os prefeitos e discutirmos este tema tão importante”, concluiu o deputado.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS