DEPUTADO: Jair Montes pede que governo conceda aumento às demais categorias

Deputado defende o princípio da isonomia, para que nenhum servidor seja injustiçado

DEPUTADO: Jair Montes pede que governo conceda aumento às demais categorias

Foto: Divulgação

O Deputado Estadual Jair Montes (Avante) utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa na noite da última terça-feira, 29 para fazer um alerta ao Governo do Estado de Rondônia, em especial à Casa Civil para que o governo do estado reconheça as outras forças de segurança, no que se trata à recomposição salarial.
 
Jair destacou que a recomposição concedida à Polícia Militar, que chegou aos 25%, que também seja repassada à Polícia Civil, Polícia Penal e todas as demais forças de segurança. Jair lembrou, em especial, das cobranças que tem feito semanalmente com relação aos Policiais penais, que não estão recebendo a atenção que a categoria merece.
 
Na opinião de Jair Montes, se o governo cortou na própria para beneficiar a polícia militar, o que considera justo, que também faça para as demais categorias das forças de segurança, bem como para os demais servidores do estado, para que não seja ferido o princípio da isonomia dos servidores. “Se concedeu para uma categoria, que seja concedido para os demais servidores, afinal, todos são importantes para o Estado. Os policiais militares merecem essa recomposição, tanto quanto os demais servidores da segurança pública, da saúde, da educação, de todos os setores da administração estadual”, disse Jair Montes.
 
Dando sequência ao seu discurso, o Deputado Jair Montes voltou a destacar a sua absolvição no processo que respondia por conta da Operação Apocalipse, por meio de Habeas Corpus proferido pelo Ministro do Superior Tribunal de Justiça, Ribeiro Dantas, na última semana.
 
“Desde 2013 eu vinha sofrendo com essa injusta acusação. Passei por inúmeras situações de constrangimento em nível de estado, de país e até internacionalmente por conta dessa acusação. Fui preso, humilhado, mas Deus sabe de tudo e hoje temos essa vitória, mostrando que não tínhamos nenhum envolvimento com as acusações dessa operação, por isso é importante que as pessoas sejam tidas como culpadas só depois de transitado em julgado. Quase perdi meu mandato de Deputado Estadual por uma acusação injusta, mas vou cobrar a reparação de tudo isso, de todos os responsáveis”, disse o deputado.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS