BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

DEPUTADO ESTADUAL: Cacoal e outros 4 municípios conquistam selo Unicef, celebra Cirone Deiró

Na condição de vice prefeito, Cirone participou ativamente da definição das políticas públicas para priorizar ações que beneficiaram a infância e adolescência na Capital do Café

ASSESSORIA

10 de Dezembro de 2020 às 14:23

Foto: Divulgação

 
Os municípios de Cacoal, Ji-Paraná, Novo Horizonte do Oeste, São Felipe do Oeste e Vilhena receberam nessa semana o selo do Fundo Internacional de Emergência das Nações Unidas para a Infância - UNICEF. A iniciativa busca estimular e reconhecer avanços reais e positivos na promoção, realização e garantia dos direitos de crianças e adolescentes em municípios do Semiárido e também da Amazônia. Cirone Deiró (PODE) explicou que a certificação dos municípios compreende o período de 2017-2020 e demonstra que nesse período os prefeitos desses municípios alcançaram simultaneamente as exigências estabelecidas tanto no eixo das ações estratégicas, quanto no eixo dos indicadores de impacto social e de políticas públicas voltadas a infância e adolescência.
 
Cirone Deiró registrou que, na condição de vice prefeito de Cacoal, participou ativamente na definição das políticas públicas que foram implantadas de forma transversal por todas as secretarias municipais com o propósito de priorizar as ações que beneficiaram a infância e adolescência. “Celebramos essa certificação com cada um dos servidores, voluntários e profissionais que atuaram nesse período para que o município de Cacoal consolidasse suas ações em favor da infância e adolescência”, afirmou.
 
O parlamentar destacou também a conquista dos municípios de Ji-Paraná, Novo Horizonte do Oeste, São Felipe do Oeste e Vilhena. Segundo ele, junto com a Capital do Café esses municípios podem ser usados como referência para os prefeitos que assumem em 1º de janeiro. “Temos o desafio de nos próximos quatro anos, ampliar o número de municípios certificados pelo Fundo Internacional de Emergência das Nações Unidas para a Infância - UNICEF. Esse será um importante indicador para demonstrar o compromisso dos novos gestores com a infância e a adolescência”, alertou.
 
Na avaliação do parlamentar, os princípios norteadores do selo UNICEF colocam os municípios como protagonistas das políticas públicas para a infância e adolescência. Segundo ele, os primeiros cuidados materializados por meio das políticas públicas ocorrem nos municípios, por isso, os gestores devem priorizar a atenção com a infância e adolescência. “Essa atenção deve vir no fortalecimento da rede de serviços prestados por todas as secretarias e também pelo apoio aos servidores que atuam na linha de frente no atendimento a esse público”, concluiu.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS