BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

PRESIDENTE: Laerte Gomes participa da recepção do vice-presidente da República

Autoridade esteve em Porto Velho para tratar do Conselho da Amazônia e saber sobre planos de metas para preservação e proteção do meio ambiente

ASSESSORIA

11 de Março de 2020 às 17:41

Foto: Divulgação

Na tarde de terça-feira (10), o presidente da Assembleia Legislativa, Laerte Gomes (PSDB), acompanhou o governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha (PSL) na recepção ao presidente da República em exercício, general Hamilton Mourão, que esteve Em Porto Velho para falar sobre o Conselho da Amazônia.

 

O Conselho da Amazônia é coordenado por Mourão e integrado por mais 14 ministros do Governo Federal. A decisão de transferir o Conselho do Ministério do Meio Ambiente para a vice-presidência foi tomada pelo presidente Jair Bolsonaro, em decreto assinado no último dia 11 de fevereiro.

 

Com a mudança, os governadores do Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins, Mato Grosso e Maranhão, que integram a Amazônia Legal, foram excluídos da composição.

 

No entanto, Mourão tem a missão de ouvir os nove governadores da Amazônia Legal para apresentar um plano de metas e objetivos em ações de proteção, preservação e desenvolvimento da região.

 

Na reunião que recepcionou o general Mourão, o governador Marcos Rocha fez um apanhado sobre o planejamento que traz ações estruturantes focando, inclusive, no Programa Regional de Regularização Fundiária, plano de operações, prevenção e combate aos ilícitos ambientais como desmatamentos e queimadas.

 

Sobre o combate às queimadas e ao desmatamento, Mourão falou de instrumentos e parcerias. Segundo ele, o primeiro passo é integrar os três sistemas que estão em andamento, o do Inpe, do Censipam e da Polícia Federal, para que todos possam falar a mesma coisa, e em segundo lugar, a repressão. 

 

Sobre o que o país vem fazendo quanto a proteção às áreas de fronteira e o narcotráfico foram outros questionamentos feitos ao presidente interino. Mourão reconheceu que faltam recursos e sugeriu integração de esforços das forças policiais e que o Ministério das Relações Exteriores “entre de cabeça no seu relacionamento com os países vizinhos”, citou.

 

Segundo Laerte Gomes, a visita do presidente em exercício se transformou em uma importante reunião de trabalho, onde o parlamentar também pode expor seu ponto de vista quanto às rodovias federais.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS