TRIPLA EXECUÇÃO: Perícia recolheu 22 cápsulas de pistola; vítimas foram alvejadas na cabeça

Segundo a polícia, a princípio a motivação para as mortes está relacionada com a guerra entre bandos criminosos

TRIPLA EXECUÇÃO: Perícia recolheu 22 cápsulas de pistola; vítimas foram alvejadas na cabeça

Foto: Richard Nunes/Rondoniaovivo

A Perícia Criminal recolheu 22 duas cápsulas de pistola calibre 9mm na cena do triplo homicídio ocorrido na noite de segunda-feira (19) na Avenida Mamoré, em frente a casa de shows Talismã 21, na zona Leste de Porto Velho (RO).

 
As vítimas foram identificadas como Darciléia Dias da Silva, 32, (Dadá), o marido dela Emerson Oliveira dos Santos, 21,  e Jorge André Wilkens da Silva, 26, (Jorginho). 
 
A mulher foi morta com um tiro no rosto e outro na lombar. O marido dela Emerson foi executado com dois tiros na cabeça. O rapaz ainda ficou agonizando por alguns minutos antes de morrer.
 
O terceiro, Jorge André, também foi morto com um tiro na cabeça e outro no braço. Na madrugada do último dia 1° de junho Jorge André havia sofrido ataque e levou seis tiros na Rua Gerônimo Santana, bairro Cohab.
 
 
O triplo homicídio
 
De acordo com informações obtidas pelo Rondoniaovivo, as três vítimas chegaram ao local em duas motocicletas e estacionaram os veículos na frente da casa de shows.
 
Depois de alguns minutos, dois bandidos em uma moto XRE 300 cilindradas se aproximaram e os dois criminosos atiraram várias vezes contra as três pessoas que morreram no local.
 
Segundo a polícia, a princípio a motivação para as mortes está relacionada com a guerra entre bandos criminosos.
Direito ao esquecimento

Você assiste programa eleitoral na televisão?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS