EXECUÇÃO: Homem é morto a tiros após ser obrigado a se ajoelhar por dupla armada

Conforme relatos da ocorrência, o homem estaria com um amigo no sítio em que trabalhava como caseiro

EXECUÇÃO: Homem é morto a tiros após ser obrigado a se ajoelhar por dupla armada

Foto: Richard Nunes/Rondoniaovivo

Carlos Eduardo Themoteo Monteiro, 41, foi executado a tiros na noite de quarta-feira (06) em um sítio na BR-319, quilômetro 100, após a ponte do rio Madeira, em Porto Velho (RO).
 
Conforme relatos da ocorrência, o homem estaria com um amigo no sítio em que trabalhava como caseiro.
 
Em determinado momento, um acusado chegou, chamou a vítima pelo nome e depois de uma conversa sacou uma arma e mandou ele ajoelhar.
 
Um outro acusado neste momento se aproximou e também armado mandou que o amigo de Carlos Eduardo se ajoelhasse.
 
Logo depois, os acusados atiraram na cabeça de Carlos Eduardo. A testemunha disse que na sequência um perguntou para o outro: 'Mata esse também'? Mas a resposta teria sido que não, porque ele não tinha nada ver com a situação.
 
Os criminosos então mandaram a testemunha sair correndo na mata. O homem disse que depois que correu ouviu mais dois tiros.
 
A Polícia Militar foi chamada junto com a Perícia Criminal e rabecão do Instituto Médico Legal (IML). 
 
Agentes da Polícia Civil irão apurar a motivação e autoria do crime.
Direito ao esquecimento

Quem você acha que será campeão do Brasileirão 2022?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS