ELAS: Mobilização das mulheres de policiais também fecha o 1° Batalhão da Polícia Militar no Centro

Situação semelhantes ocorreu nas cidades de Jaru, Ouro Preto e Ji-Paraná

 

O 1º Batalhão da Polícia Militar de Rondônia, localizado no bairro Arigolândia, na capital, foi fechado, na manhã deste sábado (12), pelas mulheres do policiais militares. Elas fazem parte de um movimento que teve inicio na última semana e reivindica junto ao governador Marcos Rocha um aumento de 24% nos salários dos maridos. 
 
Na última sexta-feira (11) aconteceu uma reunião entre representantes do Governo de Rondônia e dos policiais militares, onde não se chegou a um consenso e um novo encontro foi marcado para a próxima segunda-feira. A promessa foi a de que, enquanto isso, os quartéis não seriam fechados.
 
No entanto, o grupo das mulheres dos PMs se dividiu e algumas optaram por radicalizar e decidiram fechar as entradas dos quartéis. A primeira unidade da corporação a ter as entradas e saídas bloqueadas foi a do 5º Batalhão. 
 
 
Elas prometeram também que, além desses dois quartéis, vão fechar também o 9º Batalhão da PM, na rua Algodoeiro, na zona Sul da capital.  Situação semelhantes ocorreu nas cidades de Jaru, Ouro Preto e Ji-Paraná.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS