VÍDEO: Operação prendeu mais de 250 acusados de violência doméstica contra mulheres

A coletiva foi realizada na Direção Geral da Polícia Civil

 
A coletiva foi realizada na manhã desta segunda-feira (08) na Direção Geral da Polícia Civil, em Porto Velho (RO). A delegada Amanda Levi  Ferreira da Delegacia Especializada em Atendimento a Mulher, (Deam), os delegados Paulo Kakionis do Departamento de Polícia Especializada (DPE),  Thiago Flores do Departamento de Polícia do Interior (DPI) e a delegada Lucilene de Souza do Departamento de Polícia Metropolitana (Depom) passaram mais informações sobre a Operação Resguardo deflagrada em âmbito nacional pela Polícia Civil e Ministério Público (MP).
 
A operação que teve início em 1° de janeiro  terminou hoje no Dia Internacional da Mulher. Em Rondônia pelo menos 253 agressores de mulheres já tinham sido presos pelos crimes de violência doméstica (lesão corporal, ameaça e descumprimento a medida protetiva).
 
 
 
 
Veja a nota da Polícia Civil de Rondônia
 
 
 
 
A Polícia Civil, sob a coordenação do Ministério da Justiça e Segurança Pública, por intermédio da Secretaria de Operações Integradas (Seopi/MJSP), deflagrou, nesta segunda-feira (08/03), a operação denominada Resguardo visando o combate a crimes de violência contra a mulher. A Ação acontece simultaneamente em 26 Estados e no Distrito Federal.  
 
Iniciada no dia 1º de janeiro deste ano, a Operação já resultou na prisão de mais de 223 pessoas em Rondônia. A Polícia Judiciária Civil de Rondônia apurou mais de 696 denúncias, que culminaram com a instauração de 679 inquéritos policiais, 25 mandados de prisão, 25 cumprimentos de mandados judiciais, com atendimento de mais de 3.828 mulheres vítimas de violência e efetuado a prisão de 223 agressores em todo o estado. 
 
Durante toda a segunda-feira, estão sendo cumpridos 53 mandados de prisão, 1 mandado de busca e apreensão e realizadas 69 diligências em 14 municípios do Estado. A Operação continua em andamento os dados serão atualizados na coletiva de imprensa. 
 
A data 8 de março, em que celebramos o dia internacional da Mulher, como um marco de conquistas da jornada pela igualdade de direitos civis femininos, por outro lado, também será lembrada pelos de agressores de violência contra mulher, como o dia em que foram presos por mulheres policiais civis. 
 
Os presos foram conduzidos ao sistema prisional onde permanecerão a disposição da justiça.
“Cadê meu celular?/ Eu vou ligar pro 180/ (…) Cê vai se arrepender de levantar a mão pra mim”, narra Elza Soares em sua canção Maria da Vila Matilde, expondo a realidade acerca da violência masculina contra a mulher.
 
” O trecho da desta canção, infelizmente, ecoa há gerações. Por esse motivo, a Polícia Civil do estado de Rondônia soma-se ao grito de milhares mulheres vítimas de violência doméstica, desempenhando com afinco suas atribuições no alcance da justiça e maior segurança a mulher.

Galeria de Fotos da Notícia

VÍDEO: Operação prendeu mais de 250 acusados de violência doméstica contra mulheres

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS