BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

CATETERISMO: Mecânico consegue liminar que obriga Estado a pagar cirurgia

Liminar foi concedida no natal pela juíza Liliane Pegoro Bilharva

Folha do Sul Online

26 de Dezembro de 2019 às 14:57

Foto: ilustrativa

Uma liminar concedida pela justiça de Vilhena obriga o Estado de Rondônia a pagar uma cirurgia da cateterismo para um mecânico vilhenense de 61 anos. O pedido para que o paciente seja operado em hospital particular foi feito pela Defensoria Pública e acatado pela juíza Liliane Pegoro Bilharva.


 
Antes de recorrer à justiça, os familiares do mecânico, que ficou 10 dias internado no Hospital Regional de Vilhena, após uma crise cardíaca grave, tentaram transferi-lo para outra cidade do Estado, mas o Governo de Rondônia alegou que em nenhuma das unidades públicas é oferecido este tipo de procedimento.


 
Depois do princípio de infarto, o idoso procurou um cardiologista, que recomendou a realização do cateterismo com urgência, pelo risco de morte do paciente. O coração dele sofreu graves lesões e pode não agüentar uma nova crise, segundo explicou o especialista. O laudo do médico foi usado para pedir a liminar.
 


Agora, a família quer que o tratamento seja feito em hospital particular, já que a liminar, datada de 24 de dezembro, descreve a urgência de se garantir a sobrevivência do vilhenense. O Estado deve pagar pelo procedimento na rede privada, já que não o oferece nos hospitais públicos.
 

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS