BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

Justiça Federal realiza mutirão da conciliação

Depois de amanhã, dia 09 de dezembro, a partir das 8 horas, será realizado mais um mutirão de conciliação na Seção Judiciária de Rondônia. Inúmeros processos judiciais da Caixa Econômica Federal serão colocados na mesa de negociação judicial nas audiência

Da Redação

07 de Dezembro de 2011 às 14:10

Foto: Divulgação

Depois de amanhã, dia 09 de dezembro, a partir das 8 horas, será realizado mais um mutirão de conciliação na Seção Judiciária de Rondônia. Inúmeros processos judiciais da Caixa Econômica Federal serão colocados na mesa de negociação judicial nas audiências que serão efetuadas na Sala de Treinamento da Justiça Federal. A prática da conciliação é uma experiência que vem dando certo em vários setores do judiciário brasileiro e vem sendo utilizada também com muito sucesso na Justiça Federal de Rondônia. Vários juízes participarão da jornada de conciliação. A Assessoria Jurídica da Direção do Foro, exercida pelo servidor Marcelino Batista, está auxiliando a implementação do Núcleo de Conciliação, responsável pela preparação dos processos.
A conciliação é meio alternativo de resolução de conflitos em que as partes confiam a uma terceira pessoa (neutra), o conciliador, a função de aproximá-las e orientá-las na construção de um acordo. O conciliador é, portanto, uma pessoa da sociedade que atua, de forma voluntária e após treinamento específico, como facilitador do acordo entre os envolvidos, criando um contexto propício ao entendimento mútuo, à aproximação de interesses e à harmonização das relações. A conciliação é judicial quando se dá em conflitos já ajuizados, nos quais atua como conciliador o próprio juiz do processo ou conciliador treinado e nomeado.
Os mutirões de conciliação realizados pela Justiça Federal para processos do Sistema Financeiro de Habitação resultaram na recuperação de R$ 144,6 milhões em créditos para a Caixa Econômica Federal entre janeiro e agosto deste ano. Também é relevante o grande benefício trazido aos mutuários que tiveram condições de resolver, a contento, as pendências processuais.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS