DESPERDÍCIO: Prefeitura de Guajará-Mirim vai gastar R$ 70 mil com show gospel

Enquanto isso, moradores reclamam de buracos nas ruas e falta de remédios em unidades de saúde

DESPERDÍCIO: Prefeitura de Guajará-Mirim vai gastar R$ 70 mil com show gospel

Foto: Regis Danese já foi contratado para fazer um show em Guajará-Mirim no próximo dia 18 de junho

Com muita pompa, a Prefeitura de Guajará-Mirim anunciou para o próximo dia 18 de junho, uma apresentação do cantor gospel Régis Danese, durante a Marcha para Jesus da cidade.
 
Uma arte com o brasão do Executivo municipal com a palavra CONFIRMADO já circula pelas redes sociais. Para saber o teor dos termos do contrato e valores gastos com a celebração pelo Dia do Evangélico, o Rondoniaovivo fez uma rápida pesquisa no Diário Oficial dos Municípios (DOM), da Associação Rondoniense dos Municípios (AROM), do dia 23 de maio.
 
Lá, o jornal eletrônico encontrou o “Termo de Ratificação de Inexigibilidade de Licitação- Processo 827/2022”, cujo objeto aponta “contratação direta por Inexigibilidade de Licitação do cantor Regis Danese e banda para a realização de show artístico em comemoração à Marcha Para Jesus 2022 no município de Guajará-Mirim (RO)”.
 
Serão 70 mil reais pagos com dinheiro público que serão usados na Marcha para Jesus
 
A empresa contratada é do próprio cantor, a RD Benison Edições e Promoções LTDA, com sede em Uberlândia (MG) e o valor total é de R$ 70.000,00.
 
Mais detalhes
 
Já na edição do DOM do último dia 25/05 foi publicado o extrato do contrato nº 13/2022, que trouxe como será prestado o serviço contratado. 
 
Segundo o documento, “a contratada fará a apresentação no dia 18 de junho de 2022, em trio elétrico que percorrerá o trecho da rotatória (Av. XV de Novembro com Av. Duque de Caxias) até o museu da cidade (Av. XV de Novembro com Av. Beira Rio). A apresentação deverá ter duração mínima de 90 minutos”.
 
Sobre como será feito o pagamento, “o valor deste contrato corresponde à R$ 70.000,00 e inclui cachê, nota fiscal, transporte aéreo até a cidade de Porto Velho para Regis Danese e sua equipe, conforme Termo de Referência (ID 145775). O pagamento será efetuado 30% no ato da assinatura do contrato e os outros 70% no dia da realização do show em depósito bancário”.
 
Valores serão pagos em duas parcelas para o cantor e banda
 
Revolta 
 
Após o anúncio, que não foi tão bem recebido assim pela população, várias críticas foram publicadas nas redes sociais. Uma delas aponta até que há crianças passando fome na cidade.
 
“Cantor Regis Danese virá para a MARCHA PARA JESUS em Guajará-Mirim com um cachê justo de 70 mil reais pagos pela Prefeitura, digo justo, pois em nossa cidade está tudo muito bem, obrigada. Temos tudo organizado, inclusive as crianças em estado precário de desnutrição desassistidos pelo Município são mera conversa, tanto que a fome pode esperar”, desabafou uma moradora.
 
Ela ainda segue com mais críticas, especialmente aos vereadores da cidade, que parece que não estão fazendo bem seu papel.
 
“Tivemos um problema sério com vereadores na Câmara Municipal votando para ‘desviar’ dinheiro de secretarias para o asfalto, enquanto a saúde estava até sem dipirona... E se tem esse dinheiro sobrando, por que não organizar uma cozinha comunitária para fazer pelo menos uma janta nutritiva para essas crianças e seus pais?”.
 
E ela encerra: “Nunca passei fome, mas sou praticante de dieta, e dormir com fome, é doloroso, agora, imagina TODOS OS DIAS a fome ser seu alimento?! Dói!”.
 
Em uma das postagens, se fala até que as crianças estão passando fome na cidade
Direito ao esquecimento

Você acha que os escândalos do Governo Bolsonaro prejudicam a pré-candidatura à reeleição?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS