AÇÃO: Força tarefa da Energisa vai atuar em Cacaulândia nas redes de energia

Fornecimento será interrompido na manhã de domingo (03) para permitir intervenções na rede com segurança

AÇÃO: Força tarefa da Energisa vai atuar em Cacaulândia nas redes de energia

Foto: Divulgação

No próximo domingo (03), a energia elétrica de Cacaulândia será desligada entre 7h e 12h por um bom motivo. Uma força tarefa da Energisa vai atuar no município para substituir 2 km de redes de energia, instalar 6 postes, substituir 140 isoladores e 45 cruzetas. É a primeira etapa do investimento de R$ 6 milhões previsto para a localidade este ano.
 
Desde que a Energisa assumiu a concessão em Rondônia, no fim de 2018, Cacaulândia já recebeu R$ 6 milhões em investimentos. Com o montante destinado ao município em 2022, o volume total de recursos alocados no município vai alcançar R$ 12 milhões, o equivalente a quase R$ 2 mil para cada um de seus 6 mil habitantes. 
 
Em 2021, foram realizadas 22 manutenções preventivas em Cacaulândia que resultaram na melhoria de 53% da qualidade de energia, comparando os indicadores de 2021 com o ano de 2019, o que representa 103 horas a mais de energia. Os índices estão dentro das metal da Aneel, órgão regulador do setor, que estabelece parâmetros de qualidade.
 
Carlos Alexandre de Oliveira, gerente de Operações da concessionária, explica que serviços como podas e trocas de equipamentos, por segurança, precisam ser feitos com a rede desligada. “É um período curto de interrupção do fornecimento, mas que vai trazer resultados significativos na qualidade do fornecimento para os moradores”, frisou. A etapa seguinte vai renovar 27 km de redes de energia e está programada para execução em maio.
 
Ele alerta a população para evitar qualquer tipo de intervenção na rede nesse horário, já que a energia poderá ser religada a qualquer momento caso os serviços sejam finalizados antes do prazo.
 
Oliveira ressalta que, apesar do investimento substancial, episódios de falta de energia podem ocorrer provocados por fatores climáticos, acidentes de trânsito e até intervenções indevidas na rede. A modernização do sistema, o aumento no número das equipes e as manutenções preventivas contribuem para que o fornecimento seja retomado no menor tempo possível, atingindo o menor número de clientes.
 
“Nas áreas urbanas, onde há grandes concentrações de clientes, tecnologia e automatização das redes possibilita que façamos manobras para reduzir o impacto das ocorrências. Mas para o interior, o acesso as localidades ainda é um desafio, mas aumentamos o número de equipes, temos uma frota mais adequada para a realidade do nosso estado”, explica.
 
Acesse www.energisajuntos.com.br/ro para detalhes do pacote de investimentos de R$ 742 milhões previstos para Rondônia durante o ano de 2022.
Direito ao esquecimento

Você concorda que os vereadores de Porto Velho continuem atuando online, mesmo com a queda nos casos de covid-19?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS