BAMBURRADO: Câmara de Vereadores de Candeias aumenta salário do prefeito para R$ 19 mil

Também tiveram aumentos os secretários, subsecretários, chefe de gabinete e coordenadores

BAMBURRADO: Câmara de Vereadores de Candeias aumenta salário do prefeito para R$ 19 mil

Foto: Divulgação

Em tempos de recuperação econômica pós-pandemia, onde muitas pessoas estão apertando o orçamento, parece que está sobrando dinheiro em Candeias do Jamari, especialmente para as principais autoridades do pequeno município vizinho a Porto Velho (a cerca de 25 quilômetros da capital).
 
Na última sexta-feira (18) a Câmara de Vereadores convocou uma sessão extraordinária para analisar o projeto de lei 1.614/CMCJ/2022, com leitura, discussão única e votação para “reajuste do subsídio do prefeito, vice-prefeito, secretários municipais e dá outras providências”.
 
 
Sem dificuldades e por unanimidade, os vereadores Jorge Saldanha, Zilmar Domingos, Silas Cordeiro, Haia Souza, Marcos da Hora, Edcarlos Santos, Paulinho Mecânico, Cátia da Saúde, Jucilene Moraes e até o presidente Aussemir Almeida foram a favor do aumento salarial.
 
 
E o aumento para o prefeito Valteir Queiroz (Patriota) não foi baixo: seus vencimentos passaram de 15 para 19 mil reais. 
 
A melhoria dos salários não foi só para ele. Segundo informações obtidas com funcionários públicos de Candeias do Jamari, os secretários municipais vão ganhar R$ 8 mil, os subsecretários R$ 6 mil, o/a chefe de gabinete da Prefeitura passa para R$ 6 mil e os coordenadores(as) de departamentos ganharão R$ 4 mil reais a partir de agora.
 
Em grupos de WhatsApp, os protestos foram os mais variados. 
 
“O cara fala que não tem dinheiro pra aumentar o salário dos professores nem dos servidores da saúde. Ainda faz é tirar os benefícios deles, mas aumenta o salário dele de 15 para R$ 19 mil. Ainda só coloca os amigos de vereadores nos cargos comissionados. Isso chama o que hein gente?”.
 
Protestos invadiram grupos de WhatsApp e redes sociais contra aumento de 4 mil reais no salário do prefeito - Foto: Reprodução
 
Passado recente
 
No dia 15 de outubro do ano passado, a Polícia Civil deflagrou a Operação Articulata, para cumprir 16 mandados de busca e apreensão na prefeitura de Candeias do Jamari e em residências da cidade, incluindo a do prefeito Valteir Queiroz. 
 
De acordo com as investigações, a ação dos investigados pode gerar um prejuízo de mais de R$ 1 milhão aos cofres públicos.
 
A operação foi coordenada pela Delegacia de Combate à Corrupção (Decor), que apurou indícios de “má utilização do dinheiro público por parte da atual gestão da prefeitura de Candeias do Jamari”.
 
Além disso, o inquérito apresentou possíveis fraudes em licitações e não execução de contratos públicos envolvendo agentes públicos e empresários. 
 
À época, o prefeito de Candeias declarou que apesar da operação ser a partir de uma denúncia da gestão 2021, as investigações também “têm relação com processos anteriores”.
 
O prefeito também afirmou que a orientação é que todas as secretarias e demais repartições colaborem com a investigação e que espera que o processo não seja fruto de “denúncias infundadas” por “grupos políticos”.
 
“Eu penso que se tivesse alguma coisa que realmente imputasse a nós algum crime, nós não estaríamos aqui sendo convidados. No mínimo teríamos sido conduzidos coercitivamente”, falou Valteir.

Galeria de Fotos da Notícia

BAMBURRADO: Câmara de Vereadores de Candeias aumenta salário do prefeito para R$ 19 mil

BAMBURRADO: Câmara de Vereadores de Candeias aumenta salário do prefeito para R$ 19 mil

Direito ao esquecimento

Você acredita que a gestão da Segurança Pública (Sesdec) em RO está sendo competente no combate ao crime no estado?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS