TRAGÉDIA: Identificada mulher que morreu durante enchente em Ouro Preto do Oeste

Fortes chuvas que caíram no município nesta segunda-feira (14), deixaram várias destruições na cidade

TRAGÉDIA: Identificada mulher que morreu durante enchente em Ouro Preto do Oeste

Foto: Rondoniaovivo | Zoraide morreu nesta segunda-feira (14)

Uma mulher idetificada como, Zoraide Anete Pinto Teixeira, de 40 anos, morreu durante uma enxurrada no final da manhã desta segunda-feira (14), em Ouro Preto do Oeste. A informação foi confirmada pelo Comandante Tenente Waldevino do Corpo de Bombeiro do município. 
 
Segundo o tenente, a chuva começou por volta das 10h30 da manhã e logo às 11h40, parte da cidade já estava coberta pela água. 
 
Ele explicou que devido rapidez da velocidade da água, a mulher que tentou sair de casa para escapar da enchente foi arrastada por metros de distância.
 
“Não deu tempo das pessoas tirarem suas coisas de casa. A situação dessa mulher foi isso. Quando ela saiu de casa, um bueiro rompeu e pegou ela de surpresa. Ela foi carregada pela água e foi parar embaixo de uma casa”, explicou o tenente. 
 
O corpo da moça foi encontrado na tarde desta segunda.

O prefeito de Ouro Preto do Oeste, Alex Testoni, fez uma transmissão ao vivo nas redes sociais, agora a pouco, e confirmou a morte de Zoraide.
 
"Hoje foi um dia muito triste na história do nosso município. Infelizmente nós tivemos um óbito de uma senhora trabalhadora de uma empresa aqui do município, dona Zoraide Teixeira. Meus sinceros pêsames a toda a família e amigos", disse o prefeito. 
 
Segundo o Corpo de Bombeiros, até o momento, não há registros de novas vítimas.
 
Cenário da destruição
 
Nesta segunda-feira (14), uma forte chuva caiu em Ouro Preto do Oeste e deixou várias casas alagadas e, algumas, até coberta pelas águas. Segundo o Tentene Waldevino, ainda não se sabe de fato o que ocasionou as enchentes.
 
“Aqui em Ouro Preto não tem histórico de enchente, então ninguém sabe dizer se foi uma tromba d’água ou se foi alguma represa que rompeu, porque dentro de uma hora e meia de chuva, a água subia rapidamente entre 10h30 e 12h”, falou o comandante.
 
Um dos vídeos enviados à redação mostra um trecho da Avenida Marechal Deodoro onde a correnteza levou uma pequena ponte, deixando os moradores isolados.
 
 
“O pessoal que mora depois dessa ponte que caiu está ilhado. A estrada secundária que daria para passar, está totalmente alagada, apenas com o telhado das casas de fora”, relatou a jornalista Luciane Gonçalves, que tem família em Ouro Preto do Oeste.
 
Também há fotos de ruas alagadas, carros submersos e até árvores derrubadas.
 
 
 
 
 
Direito ao esquecimento

Você acredita que a gestão da Segurança Pública (Sesdec) em RO está sendo competente no combate ao crime no estado?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS