AGLOMERAÇÃO: Festa em chácara de prefeito é flagrada regada de jovens e cachaça

As cenas ainda mostram jovens realizando manobras radicais com veículos

AGLOMERAÇÃO: Festa em chácara de prefeito é flagrada regada de jovens e cachaça

Foto: Divulgação

As redes sociais e grupos de aplicativos de mensagens de Cacoal e do Estado foram tomados este final de semana por imagens de um baile funk realizado numa propriedade do prefeito Adailton Fúria (PSD), que não estava presente no evento.
 
As cenas mostraram jovens aglomerados e sem máscaras, e vários deles realizando manobras radicais com veículos, sem que houvesse nenhum aparato de segurança aos presentes. Imagens também mostram que o consumo de bebidas na ocasião correu solto.
 
E aconteceu pelo menos um acidente grave com um dos presentes, que teve lesão grave, chegando a arrancar um pedaço do pé do rapaz. Foi necessário acionar o serviço de resgate do Corpo de Bombeiros para atender o desastre. 
 
O caso acabou tendo enorme repercussão nas redes sociais, com pesadas críticas a Adailton Fúria, posto ser o dono da propriedade em questão. Além das reclamações acerca do perigo a que ficaram expostos os presentes com as manobras automotivas, também houve muita queixa com relação a falta de medidas sanitárias adotadas no combate ao Covid -19, as quais o gestor municipal tanto afirma defender.
 
O prefeito afirmou à imprensa que apesar da chácara ser de sua propriedade, ele não tem responsabilidade alguma com o ocorrido, pois o imóvel estaria alugado há cerca de dois meses.
 
Mesmo assim, ele não vê nenhuma irregularidade em função da pandemia, alegando que há um decreto do governo estadual que permite a permanência de até 999 pessoas em lugares abertos. 
 
Sobre o acidente, ele declarou lamentar o ocorrido, afirmando que o piloto é experiente neste tipo de manobra, e que tanto o rapaz quanto a moto estavam com a documentação em dia. Ele disse também que trabalhou por 8 anos com eventos, mas nunca houve qualquer tipo de reclamação ou incidente.
 
Ainda de acordo com Fúria, os organizadores foram notificados para prestar esclarecimentos acerca do ocorrido.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS