SUCESSO: Leilão virtual em Ji-Paraná arremata todos os lotes e arrecada cerca de R$ 3 milhões

O último leilão no Estado foi promovido em 2019

SUCESSO: Leilão virtual em Ji-Paraná arremata todos os lotes e arrecada cerca de R$ 3 milhões

Foto: Divulgação

O primeiro leilão de veículos virtual da regional de Ji-Paraná promovido pelo Governo de Rondônia, por intermédio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RO) arrecadou cerca de R$ 3 milhões com o arremate de 1.080 lotes ofertados. O resultado foi bem acima do esperado pela Comissão Permanente de Preparação de Leilão de Veículos Apreendidos ou Removidos de Ji-Paraná.
 
O último leilão no Estado foi promovido em 2019. Em decorrência da pandemia, não houve leilão em 2020. O projeto piloto do leilão virtual deu tão certo, que os lances mínimos saltaram de R$ 300 para R$ 600 para motocicletas, com arremates de R$ 8.200.
 
Os veículos leiloados são oriundos de Alvorada D’Oeste, Castanheiras, Costa Marques, São Domingos do Guaporé, Ji-Paraná, Mirante da Serra, Nova União, Ouro Preto D’Oeste, Posto Avançado de Nova Londrina, Presidente Médici, Estrela de Rondônia, São Francisco do Guaporé, São Miguel do Guaporé, Seringueiras, Teixeirópolis, Urupá e Vale do Paraíso, todos em bom estado de conservação, prontos para voltarem circular nas vias públicas, conforme Artigo 328 da Lei 9.503/1997, que institui o Código de Trânsito Brasileiro.
 
O resultado do leilão foi um sucesso mesmo diante desse cenário de pandêmico. Todos os lotes foram vendidos, e isso representa uma vitória muito importante para nosso Estado, que além de esvaziar os pátios das Ciretrans, dá uma destinação correta na comercialização de veículos conservados, que podem voltar a circular nas ruas”, comemorou o presidente da Comissão Permanente de Preparação de Leilão de Veículos Apreendidos ou Removidos em Ji-Paraná, José Damião Lima de Azevedo.
 
Na avaliação do secretário executivo Regional da Casa Civil, Everton Esteves, o resultado positivo se deve à atuação do Governo de Rondônia. “A transparência na gestão do governador Marcos Rocha e a adoção de medidas de proteção foram fatores essenciais para o sucesso da arrematação. Cada centavo arrecadado ou economizado nesse Governo retorna em obras ou benefícios para a população. Essa confiança refletiu diretamente no leilão”, destacou.
 
Na próxima segunda-feira (24), o pátio do Posto Avançado em Ji-Paraná, será totalmente esvaziado, período em que os lotes arrematados serão retirados. Serão 2 caminhões, 18 automóveis, 2 ciclomotores, 4 caminhonetes, 204 motonetas e 850 motocicletas. A maior parte dos veículos foram recolhidos ou removidos por irregularidades na documentação e oriundos de inquéritos finalizados e com restrição judicial de circulação há mais de 90 dias.
 
O valor arrecadado com essa ação será destinado à despesas com remoção e estada, tributos vinculados ao veículo, credores trabalhistas, tributários e titulares de crédito com garantia real, multas de trânsito, seguro obrigatório de danos pessoais e multas ambientais. A previsão é que em meados de setembro um novo leilão seja realizado, no mesmo formato.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS