INCONFORMADO: Marido flagra esposa em pleno ato sexual com amante e desfere tiros para matá-los

Traição estava acontecendo em cima do balcão da lanchonete

INCONFORMADO: Marido flagra esposa em pleno ato sexual com amante e desfere tiros para matá-los

Foto: Divulgação

 

O marido foi dormir e a esposa ficou jogando sinuca com o amigo, com quem vive um relacionamento amoroso escondido há cerca de 6 meses em Vilhena (RO). Foi quando em dado momento apareceu o marido e pegou no flagrante a esposa e o amigo mantendo relação sexual no balcão da lanchonete.
 
 
O marido ficou enfurecido e partiu para cima de ambos que saíram correndo sendo que o amigo foi rumo ao posto do IDARON e a esposa para os fundos da casa.
 
 
O marido se apossou de duas armas de fogo, sendo uma tipo garrucha e a outra tipo cartucheira. Com a arma tipo garrucha fez um disparo contra sua esposa e não a acertou porque ela conseguiu sair da linha de tiro e se desvencilhar atrás do guarda roupa do quarto. O tiro acertou e transfixou a porta do quarto e parou na parede do quarto.
 
 
Após o disparo, o marido com as duas armas em punho tentou por várias vezes atirar na sua esposa porem foi impedido por outro amigo que estava hospedado e teria acordado com os tiros.
 
 
A esposa foi agredida com uma coronhada na altura do ombro do braço direito e ficou lesionada. Ela conseguiu se desvencilhar e foi procurar ajuda no posto que fica aproximadamente uns 50 metros do local ao qual foram amparados pela polícia militar, que a essa altura já havia sido acionada.
 
 
O marido se apossou de uma alavanca e destruiu a moto Honda CG Fan 125 preta de propriedade de amigo amante e também efetuou três disparos, sendo um no tanque e dois no banco da moto.
 
 
Após cometer o crime, o marido fugiu e se abrigou numa casa que fica nas proximidades do local dos fatos.
 
 
A PM realizou busca e localizou uma espingarda, tipo de pressão de cor preta marca Rossi, porém bloqueada para o calibre 22. Localizaram o agente em uma casa que fica aproximadamente 1 km do local, como também as duas armas em sua posse, sendo uma garrucha sem marca e de cor preta de cal 22 e municiada, outra de tipo cartucheira de acabamento madeira de cal 22 e sem numeração e sem marca, também um recipiente de cor escura contendo 26 munições de cal 22 e mais 2 que estava em ambas armas totalizando 28 munições.
 
 
O marido portava uma carteira porta cédula com documentos pessoais e a quantia de R$ 504 reais. Ele foi preso e encaminhado à Unisp.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS