Polícia prende psicóloga suspeita de furar fila da vacina contra covid-19 em RO

Conforme o apurado, a psicóloga conseguiu ainda conseguiu vacinar o marido

Polícia prende psicóloga suspeita de furar fila da vacina contra covid-19 em RO

Foto: Divulgação

A Polícia Civil do estado de Rondônia, por intermédio da 1ª DP de Cacoal/RO, prendeu na tarde de hoje(29/03) uma psicóloga por “furar a fila” da vacinação contra o COVID-19 em Cacoal/RO. A mesma não está exercendo sua função e por esse motivo, segundo o protocolo do Ministério da Saúde, não teria o direito a prioridade na vacinação.
 
As investigações iniciaram após uma denúncia anônima. Conforme o apurado, a psicóloga conseguiu a vacina para outra pessoa, que em tese seria seu esposo. Ele por ser funcionário público e não trabalhar na área da saúde, não se enquadra na ordem de prioridade para a vacinação.
 
A mulher foi presa e indiciada por infringir a ordem de vacinação durante situação de emergência sanitária nacional em razão de pandemia (furar a fila). Se for condenada, ela pode pegar uma pena que varia de um a três anos e multa. As investigações continuam no sentido de identificar a segunda pessoa beneficiada (suspeito de ser o companheiro da conduzida).
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

R E Eletrodiesel

R E Eletrodiesel

R E Eletrodiesel

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS