HOMICÍDIO: Mulher tem quarto arrombado e é assassinada com vários tiros em RO

A perícia esteve no local e o caso está sendo investigado

HOMICÍDIO: Mulher tem quarto arrombado e é assassinada com vários tiros em RO

Foto: Divulgação

 

Uma mulher de 45 anos foi morta com cerca de 09 tiros, inclusive 01 deles na nuca, na noite de sexta-feira (12), no primeiro distrito em Ji-Paraná. A perícia esteve no local e o caso está sendo investigado.
 
 
 
A Policia Militar foi acionada ao Bairro Urupá, para averiguar uma denuncia de Homicídio. No local os policiais encontraram as filhas da vítima em desespero gritando: “mataram a minha mãe”.
 
 
 
Os policiais adentraram na residência e foi localizado o corpo de uma mulher de 45 anos, identificada como Soionir Fatima Fontoura caída ao solo em seu quarto rodeada por uma poça de sangue e com uma toalha jogada em cima, colocada por uma de suas filhas.
 
 
 
A POLITEC, compareceu no local do homicídio e realizaram os trabalhos periciais. Haviam aproximadamente 09 (nove) perfurações no corpo da vítima, sendo, uma delas na nuca. No quarto da vítima, o perito localizou 02 projéteis, aparentando serem de calibre 38.
 
 
 
 
Ainda como consta o Boletim de ocorrência, uma das filhas da vítima que estava na residência informou que ela e sua irmã estavam em um quarto da residência, os três filhos da irmã estavam na sala brincando e a vítima em outro quarto, pois havia chegado a pouco do trabalho.
 
 
Em seguida, entraram dois elementos pela porta da sala, com capacete e roupas escuras, e que a princípio foi anunciado um roubo. A testemunha, ofereceu as chaves de seu carro que estava estacionado em frente a residência, porém os elementos recusaram, informando que queriam a dona do carro que estava na garagem.
 
 
 
Os elementos arrombaram a porta do quarto da vítima a executaram com vários disparos de arma de fogo.
 
 
 
Uma das filhas informou no Boletim de ocorrência que suspeita que seu ex cunhado tenha encomendado a morte de sua mãe, pois segundo ela, o ex amásio de sua irmã havia sido denunciado pela sogra (vítima) por violência domestica e familiar contra a mulher, em dezembro do ano passado, e que este está cumprindo pena em regime fechado.
 
 
 
Ainda segundo a filha da vítima, no momento da prisão em flagrante, seu ex cunhado, teria dito para a sua mãe (vítima): “Amanhã não, mas, daqui a alguns vão chegar dois motoqueiros aqui na sua casa”.
 
 
 
O Boletim de ocorrência foi registrado, e o crime será investigado.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

R E Eletrodiesel

R E Eletrodiesel

R E Eletrodiesel

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS