BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

CRÍTICAS: 'Toco a música que a oposição quiser tocar', desafia prefeito de Cacoal

Adailton Fúria garantiu que, a partir de agora, município vai viver um novo tempo

EXTRA DE RONDÔNIA

18 de Fevereiro de 2021 às 09:59

Foto: Divulgação

 

O prefeito Adailton Fúria (PSD) se fez presente na 1ª sessão ordinária da Legislatura 2021/2024 realizada na manhã da última segunda-feira, 15, na Câmara de Cacoal.
 
Ele esteve acompanhado do vice-prefeito Cássio Góis e fizeram parte da Mesa Diretora, o lado do presidente da Casa, João Paulo Pichek (PR).
 
Inicialmente, o mandatário municipal disse que já foi vereador e sabe das dificuldades quando uma gestão não ajuda. Destacou a importância da parceria entre os Poderes, mas “sem passar a mão na cabeça do Executivo”, tendo, acima de tudo, responsabilidade e respeito ao se fazer as cobranças.
 
Depois, fez um breve balanço dos primeiros 45 dias de gestão à frete da prefeitura de Cacoal, reafirmando seu compromisso com a saúde pública ao citar a instalação do Hospital de Campanha, considerado referência em Rondônia.
 
Na sequência, destacou o trabalho das equipes das secretarias municipais de Obras e Agricultura. “Trabalham igual um relógio: 24 horas, de manhã, tarde e à noite”. E anunciou que, em 15 dias, deve iniciar a operação tapa-buracos através do projeto “Buraco Zero” na cidade. Contudo, Fúria mandou um recado aos críticos que, para ele, não medem esforços para denigrir a imagem de Cacoal.
 
Mas fica aqui um recado: quando batem no prefeito sem ter culpa em determinada situação, não estão falando do prefeito e sim da cidade. Cacoal não merece alguns comentários desnecessários que tem como objetivo denegrir a imagem da nossa cidade que é uma das maiores de Rondônia. Podem ter certeza de uma coisa: nós também não corremos das brigas. Estamos aqui firmes para enfrentar o que precisar ser enfrentado e da maneira que precisar ser enfrentado. Se é uma coisa que é gosto, é que a música que estiver tocando que eu gosto, seja o rock, sertanejo. E a música que a oposição quiser tocar, tenha certeza que nós estamos à disposição para tocar juntos”, desabafou.
 
Fúria garantiu, ainda, que Cacoal, a partir de agora, vai viver um novo tempo. “E aquilo que eu digo: vamos acertar muito, errar muito. Isso faz parte da gestão municipal. Jamais haverá um prefeito que vai acertar 100%”, encerrou.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS