CABARÉ LOVE: Empresário rondoniense é preso em bar, se revolta com decreto e causa confusão

Ele ofendeu os policiais com palavras de baixo calão, sendo necessário o uso de algemas de spray de pimenta para contê-lo

CABARÉ LOVE: Empresário rondoniense é preso em bar, se revolta com decreto e causa confusão

Foto: Divulgação

 

Um empresário de Vilhena e mais duas pessoas foram conduzidos para a delegacia na madrugada desta segunda-feira, 25, após se envolverem em confusão no “Bar Cabaré Love”, localizado na Avenida 1705, em frente o Tiro de Guerra.

 
Segundo informações levantadas pela reportagem do Folha do Sul Online, por serem amigos do dono do cabaré, o empresário e um colega tiveram a entrada permitida e passaram a ingerir bebidas alcoólicas no local.
 
Porém, já na madrugada, o empresário afirmou que só pagaria a conta quando fosse emitida sua nota fiscal, momento em que o dono do bar passou a discutir com o cliente, que chamou a Polícia Militar, sendo enviada ao local a guarnição da base Cristo Rei.
 
Durante a confusão, o amigo do empresário, que dormia em um dos quartos com uma profissional do sexo, acordou e foi pagar a referida conta, mas percebeu que R$ 2.200,00 que estavam em sua carteira tinham desaparecido.
 
Devido os envolvidos estarem no local após o toque de recolher, ingerindo bebidas alcoólicas e sem máscaras, atitudes proibidas pelo decreto de enfrentamento à Covid-19, estes foram informados que teriam que ir para delegacia, porém, o empresário que havia acionado os militares se revoltou, afirmando que não seria preso por causa de uma “idiotice de decreto”  e passou a ofender os policiais com palavras de baixo calão, sendo necessário o uso de algemas de spray de pimenta para contê-lo.
 
Ainda revoltado, o empresário afirmou que iria processar os militares até que estes “perdessem suas fardas”, mas mesmo assim, os três envolvidos receberam voz de prisão e foram apresentados na Unidade Integrada de Segurança Pública (UNISP) em condições físicas normais para prestarem mais esclarecimentos ao delegado de plantão.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS