COLUNA SEMANAL: Paralisação dos servidores da Unir e do Ifro pode estar próxima de terminar

Leia também na Coluna que a entrada de Léo Moraes como pré-candidato está fazendo outros pré-candidatos reverem estratégias; Supermercado Irmãos Gonçalves precisa orientar pessoal que faz a segurança das lojas; e muito mais

COLUNA SEMANAL: Paralisação dos servidores da Unir e do Ifro pode estar próxima de terminar

Foto: Divulgação

 

Retrocesso

Um assunto tão sério sendo tratado da pior forma pela nossa classe política. Estamos falando do projeto de lei, de autoria do deputado Sostenes Cavalcante(PL-RJ), que prevê pena de até 20 anos de prisão para mulheres vítimas de estupro que praticar aborto depois de 22 semanas de gravidez. O projeto ficou conhecido como ‘PL dos Estupradores’. Esse assunto entrar no debate nacional nesse momento com tantas outras pautas mais importantes para o Congresso Nacional, já é surreal. Porém, o pior é a justificativa do nobre deputado carioca, apoiado pela Frente Parlamentar Evangélica, que afirmou estar testando o atual Governo Federal. Ou seja, coloca em risco a vida de mulheres apenas para satisfazer o ego em uma questão parlamentar e de posições ideológicas. Francamente, é difícil ser mulher no Brasil!

 

Aborto

 

Pelo projeto, a pena para a gestante que provoca o aborto em si mesma ou consente que outra pessoa o faça passa de 1 a 3 anos de prisão para 6 a 20 anos. A pessoa que realizar o procedimento com o consentimento da gestante também terá pena aumentada, de 1 a 4 anos para 6 a 20 anos, mesma pena para quem realizar o aborto sem o consentimento da mulher, que atualmente é de 3 a 10 anos.

 

Punição maior para elas

 

Assim, pelo texto, é prevista uma punição maior para a vítima de estupro do que para o próprio estuprador que ocasionou a gestação a ser interrompida. De acordo com art. 213 do Código Penal, a pena para estupro é de seis a dez anos de reclusão. Em casos que resultam lesão corporal do crime ou quando o estupro tem vítima menor de 18 anos ou maior de 14 anos, a pena aumenta para oito a 12 anos de reclusão. Quando a vítima é menor de 14 anos, a lei estabelece reclusão de oito a 15 anos. As penas máximas só se equiparam nos casos em que a vítima é menor de 14 anos com o agravante de lesão corporal grave, quando a pena é reclusão de dez a vinte anos. A única ocasião em que o estupro terá uma pena maior que o aborto, conforme o texto, é quando o crime resultar em morte, a pena prevista é reclusão de 12 a 30 anos.

 

Christiane Lopes

 

O pior é que o texto foi assinado por um grupo de 33 deputados federais. Infelizmente, entre eles está a deputada rondoniense Christiane Lopes - Foto(União Brasil). Em Rondônia, vários grupos de mulheres já se manifestaram contra o ‘PL dos Estupradores’. Já está programada para acontecer neste sábado(15), uma manifestação no Espaço Alternativo, organizada pelo ‘Levante Feminista Contra o Feminicídio em Rondônia’

 

Protesto

 

Para a representante da Rede Lilás, que combate a violência contra a mulher, Rosimar Francelino, esse projeto é um absurdo. “Um retrocesso! Não é possível que um projeto desses passe no congresso, e se infelizmente passar, as juristas e feministas do nosso país fiquem quietas. Nós não ficaremos”, disse.

 

Pré-Candidatos

 

As pré-campanhas para prefeito de Porto Velho com a definição dos pré-candidatos parecem que deram uma freada na empolgação. O momento é de reflexão sobre quais estratégias ou até mesmo se vale continuar no páreo. Léo Moraes fez mistério por muito tempo até decidir se entrava ou não na disputa. Com a entrada dele no jogo, o nome dos ex-deputado se firma como um dos mais fortes para ocupar o cargo que hoje pertence a Hildon Chaves. Já quem tem apoio do prefeito parece que teve um voo alto, empolgou, mas começa a dar sinais de pouco fôlego. Se vai chegar até o final da disputa, só o tempo vai dizer!

 

Sem empolgação

Do lado dos partidos de esquerda, o clima é de fim de ‘Arraial Flor de Maracujá’. Os nomes colocados como pré-candidatos ainda não estão conseguindo deslanchar. Fontes informaram que um exemplo, foi uma reunião entre essas agremiações que ocorreu na última semana e que não se conseguiu, mais uma vez, se chegar a um nome de consenso para unir o grupo. Se continuar desse jeito fica difícil fazer frente aos partidos de direita. Mas ainda há tempo para reverter esse cenário.

 

Euma

O Movimento Democrático Brasileiro – MDB está animado em Porto Velho. Tanto que marcou para o dia 20 de julho, a Convenção Municipal. Os emedebistas estão demonstrando confiança na pré-candidata Euma Tourinho(foto) e na nominata de vereadores(as). Nada melhor que confiança no que se propõe!

 

Garçom

 

E Candeias do Jamari elegeu Garçom como novo prefeito. A vitória dele foi folgada. A eleição foi suplementar e deu a ele um mandato de cinco meses no comando do município. Isso porque essa eleição não anula a eleição que acontecerá em outubro. Garçom vai ter muito trabalho nesses cinco meses, afinal, Candeias vem mostrando que não é para amadores! A coluna torce por Candeias!

 

Tucanos sem pena

 

E mais um tucano histórico deixa o PSDB. Trata-se de Aloysio Nunes(foto), ex-senador e ex-ministro das Relações Exteriores, que estava na agremiação desde 1997 e foi vice de Aécio Neves, na chapa que concorria a presidência, em 2014. A saída ocorreu no mesmo dia em que o partido apresentou José Luiz Datena como pré-candidato à prefeitura de São Paulo. Segundo Nunes, a falta de um projeto político claro e as divergências ideológicas crescentes, especialmente após a postura neutra do partido nas eleições presidenciais de 2022, motivaram sua saída. "Eu considerei errado que um partido que tivesse democracia no nome mantivesse uma posição indiferente na eleição de um fascistóide como o então presidente Jair Bolsonaro. De lá para cá, as divergências foram se tornando cada vez mais claras, a ideia de ser contra os dois extremos como se o governo Lula fosse extremista", disse ele, em entrevista ao Globo. Ex-governadores paulistas Mário Covas e Franco Montoro devem estar se mexendo nos túmulos com os rumos que o PSDB que fundaram tomou.

 

Greve na Unir

 

Saindo um pouco da política, mas continuando em torno dela. A greve dos servidores do Ifro e da Unir que já dura mais de dois meses começa a dar sinais que pode estar perto do fim. Cerca de 85% dos trabalhadores da universidade estão parados. Lá, servidores informaram que foi conseguida junto ao Governo Federal, a revogação de algumas medidas que estavam na pauta de reivindicações. “Chamamos de ‘revogaço’. Tivemos algumas vitórias. Mas sobre a pauta salarial somente na semana que vem teremos mais informações”, disseram. Os servidores colocaram para o Governo Federal a seguinte proposta, através dos sindicatos ( Andes e Sinasefe): 3,69% em 2024, 9% em 2025 e 5,16% em 2026. Nossas perdas é de 22,71%. Já o Governo está propondo: 0%(nada) em 2024; 9% em 2025 e 5,5% em 2026. Mas as conversas continuam!

 

Greve no Ifro

 

Já no Ifro o clima é de que o movimento conseguiu pequenos avanços, porém, dizem os servidores, foram alcançados graças à greve. Eles afirmam que são vitórias pequenas, mas são avanços. “Ainda estamos avaliando o cenário, mas a tendência é a de que aceitemos a proposta do Governo Federal”, afirmaram.

 

Irmão Gonçalves

 

O Supermercado Irmãos Gonçalves é uma potência em Rondônia e contribui para o desenvolvimento de nosso Estado. Em praticamente todos os municípios tem uma unidade do grupo. No entanto, algumas práticas de trabalhadores da empresa precisam ser urgentemente corrigidas. Uma delas é em relação ao pessoal que faz a segurança das lojas. É muito constrangedor entrar no supermercado e perceber que tem alguém te seguindo, descaradamente, para qualquer seção que você vá. Isso tira qualquer vontade de consumir, pois, estão fazendo um pré-julgamento de que o cliente é um bandido. Isso é péssimo para a empresa! Então, seria uma boa iniciativa que se investissem em câmeras de segurança e monitoramento eletrônico, além da formação dos seguranças das lojas. Todos sairiam ganhando e se evitaria problemas judiciais. Fica a dica!

 

Latam

 

E continuando sobre a relação de empresas e consumidores, a Latam foi condenada a indenizar em R$ 15 mil, um passageiro por ter sido impedido de embarcar por um empregado da companhia aérea, que não aceitou o documento oficial apresentado por ele. A Juíza de Direito Sara Gabriela Zolandek, do 3º JEC de Macapá/PA, afirmou no despacho que a companhia aérea agiu de maneira ilícita, pois não respeitou o direito fundamental à igualdade. O passageiro havia comprado passagens aéreas, emitidas em seu nome social à época da compra, referente ao trecho Macapá-Belém (ida e volta), onde iria a um show de música. A empresa tentou culpar o passageiro pelo ocorrido, mas não adiantou, teve que pagar a indenização!

 

Palestina e Israel

 

O Seminário ‘Imperialismo, Resistência Nacional e a Questão Palestina’ acontece no próximo dia 18 de junho, às 19 h, no auditório da Unir-Centro, em Porto Velho. Estarão participando do encontro o jornalista Breno Altman, fundador do site Opera Mundi; e Ualid Rabah, presidente da Federação Árabe-Palestina do Brasil. Na ocasião, também será lançando o livro ‘Contra o Sionismo – Retrato de uma Doutrina Colonial e Racista’, de Breno Altman. O evento é uma excelente oportunidade de se entender um pouco mais sobre esse conflito entre palestinos e israelenses e o perigo que está sendo a visão de que é uma disputa do bem contra o mal, como muitos insistem em dizer. Inscrições podem ser feitas no link .

 

Seca na Amazônia

 

O Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam) realizará a edição de 2024 do evento "Pré-Seca" em Porto Velho-RO, dia 26 de junho. O evento reunirá profissionais de diversas instituições governamentais e não governamentais do Brasil para discutir as condições climáticas e hidrológicas atuais das principais bacias hidrográficas e traçar prognósticos para a seca de 2024. Serão 8 horas, com mesas redondas e palestras técnicas visando engajar a comunidade científica e órgãos parceiros. O público-alvo inclui a Defesa Civil, órgãos ligados à hidrologia e meteorologia, geração de energia, transporte fluvial e rodoviário, secretarias de meio ambiente estaduais e municipais, administração de portos e universidades. Mais informações no link .

 

Futebol Americano

 

O clube rondoniense Miners Sports apresenta neste sábado(15), os novos reforços para o time de futebol americano. São os atletas Terrance Price(americano) e Brian Hernandez(mexicano). O presidente do clube, Fernando Rodrigues, disse que está confiante nos reforços para a temporada 2024, que começa no dia 6 de julho. Que sejam bem vindos e a coluna deseja sucessos!

 

Mórmons

 

Falando em norte-americanos, o Programa Conexão Rondoniaovivo, apresentado pelo jornalista Ivan Frazão, entrevistou os missionários Elder Pohm e Elder Olson, que estão em Porto Velho, fazendo o trabalho de evangelização. Eles fazem parte da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Confira a conversa no link

Direito ao esquecimento
Qual pré-candidato à Prefeitura de Cacoal tem sua preferência?
Como você avalia a gestão do prefeito Tinoco em São Francisco do Guaporé?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS