COLUNA SEMANAL: Prefeitura da capital promete reabrir Complexo da Madeira- Mamoré em 60 dias

Sem dados da Covid-19 em Rondônia; Fhemeron necessita de sangue; ainda não se sabe quem atacou o posto do ICMBio; Pirarucu do Madeira desfila no domingo (04); e muito mais na coluna

COLUNA SEMANAL:  Prefeitura da capital promete reabrir Complexo da Madeira- Mamoré em 60 dias

Foto: Divulgação

Covid-19

Muita gente está se preparando para participar das aglomerações de Carnaval. É tradição, é a nossa cultura! Mas não podemos nos esquecer que a o coronavírus continua a circular e tem feito as suas vítimas nas últimas semanas em todo o país. Em Rondônia, se depender das informações de dados da Agência Estadual de Vigilância Sanitária (Agevisa) sobre a covid-19, é melhor desistir de procurar. O boletim epidemiológico que antes era publicado todos os dias e, depois com a diminuição das vítimas da doença passou a ser semanal, simplesmente, sumiu. O cidadão comum que for querer se informar sobre a doença, simplesmente, não terá as informações. Um absurdo!

 

Vacinação

 

Diante do deserto de informações sobre os casos de covid-19, em Rondônia, a coluna foi buscar outras fontes. Fomos encontrar os dados na página https://infoms.saude.gov.br/extensions/covid-19_html/covid-19_html.html , do Ministério da Saúde. Nesse portal sobre a doença em Rondônia, os dados mais recentes são do período de 1º de janeiro a 27 de janeiro de 2024. No Estado foram registrados, na última semana do mês passado, 1817 novos casos com duas mortes. Na capital, foram 292 casos. Já em Ariquemes foram 362 novos infectados. Ou seja, fica o conselho, quem quiser cair na folia, vá, mas com o calendário de vacinação em dia. Ao contrário das fake News que circulam por aí, vacinas não matam, elas evitam que você se contamine, adoeça e morra! Faça isso!

 

Blocos de Carnaval

 

Ainda nessa prosa sobre o Carnaval, o programa Conexão Rondoniaovivo, apresentado pelo jornalista Ivan Frazão, retorna na próxima segunda-feira(05), às 16 h, no site Rondoniaovivo, na TV Rondoniavivo( Canal 10.1) e nas redes sociais do Portal Rondoniaovivo(Facebook, Youtube e Instagram). O primeiro entrevistado será com o carnavalesco Jerry Amaral, do Bloco Porto Maria. Então, agende aí a conversa!

 

Sangue

 

Nesse Carnaval aproveite para se alegrar e fazer a alegria de muitas pessoas que não podem curtir essa data por estarem internadas ou por outras complicações de saúde. Vá até a Fhemeron, que fica ao lado do Hospital de Base, perto do Espaço Alternativo, em Porto Velho, e faça uma doação de sangue. Não importa o tipo, mas, sim, o seu gesto de solidariedade para com o outro. Mais informações, podem ser obtidas pelo (69)3216 2234.

 

Fábrica na capital

 

O Governo do Estado anunciou na última semana a instalação de uma fábrica de fertilizantes na capital. À frente do empreendimento está o Grupo Amaggi. O governador Marcos Rocha recepcionou os executivos da empresa, Claudinei Zenatti e Ricardo Tomczyk. Para que esse empreendimento viesse para Rondônia, foi dado incentivo tributário de 85% sobre o crédito presumido do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). A fábrica de fertilizantes já está em plena operação, com capacidade para produção de 40 mil toneladas e com expectativa de ampliação e emprega 55 pessoas. O investimento foi da ordem de R$ 82 milhões. A coluna torce para que essa e outras empresas venham para o nosso Estado e comecem a funcionar o quanto antes.

 

Estrada de Ferro

 

E tem uma indústria na capital que, segundo a Assessoria de Comunicação da Prefeitura, terá um bom incentivo, trata-se do Turismo. As informações são de que dentro de 60 dias, anotem aí, o Complexo da Madeira-Mamoré, finalmente, será aberto para o público. Esse é o principal ponto turístico de Porto Velho e já estava fechado há cinco anos. Muito triste ver um local como aquele que proporciona um dos mais lindos pôr do sol do Estado, ser proibido para a população. Estamos aguardando que isso ocorra.

 

Ataque

 

No último dia 22 de janeiro, bandidos atacaram uma base do ICMBio, na Reserva Biológica (Rebio) do Guaporé, no município de São Francisco do Guaporé, interior de Rondônia. Eles incendiaram parte do local. Antes, os três homens, que estavam armados, renderam e expulsaram os servidores públicos do local. Depois, jogaram diesel, começaram o incêndio e fugiram. Os funcionários voltaram para a base a tempo de conter as chamas. A suspeita é de que o ocorrido foi uma retaliação ao trabalho desenvolvido pelo órgão na região, visando coibir a entrada de invasores na área de preservação. Ninguém se feriu, mas também até o momento, após onze dias, a Polícia Federal não se manifestou sobre as investigações. É muito importante para a imagem de Rondônia que esse caso não caía no esquecimento. Até agora, os autores do crime estão todos livres, leves e soltos!

 

Arapongas

 

Um escândalo de arapongagem está dominando o noticiário nacional. A história é de que a Agência Brasileira de Inteligência (Abin), foi usada para informar a família Bolsonaro sobre a atuação de aliados e não aliados. Ou seja, ninguém escapou das bisbilhotagens. O escândalo estourou com a operação da Polícia Federal na casa do vereador carioca Carlos Bolsonaro. Se as investigações avançarem e se descobrir que o alcance é mais extenso, ou seja, atingiu parlamentares que apoiavam ou não Bolsonaro, ministros do STF entre outros, podemos esperar mais gasolina para apagar esse fogo. O tempo corre contra os envolvidos nessas arapongagens!

 

Escutas em RO

 

Mas essa história de uso de escutas ilegais para saber o que os adversários e aliados conversam, também pode ter ocorrido em Rondônia. No ano passado, áudios que se espalharam para a imprensa causaram desconforto e desconfiança entre os deputados locais e na alta cúpula do Governo do Estado. Um ex-chefe de gabinete na Assembleia Legislativa era suspeito de ser o responsável pela instalação de grampos no CPA que tinha como ponto de escuta um gabinete do parlamento estadual. O caso esfriou, mas a suspeita de uma Abin paralela, versão rondoniense, continua forte.

 

Primavera de RO

 

 

Fakesnews são notícias falsas criadas para atingir a honra de pessoas, também. Quem foi alvo delas foi o prefeito do município de Primavera de Rondônia, Eduardo Bortoletti (foto). Circulou em grupos de whatsapp da região a informação de que ele havia perdido o mandato por decisão do Tribunal de Justiça. Eduardo em contato com a coluna desmentiu que seja verdade essa notícia.

 

No cargo

 

O advogado dele, Manoel Verissímo, enviou a seguinte nota sobre o assunto: “O gabinete do prefeito Eduardo Bertoletti esclarece que, em relação ao processo judicial recente, não há previsão para a perda do cargo devido à nova lei de improbidade administrativa aplicada ao caso. Conforme disposto na referida legislação, não há previsão de suspensão dos direitos políticos em situações como esta. O prefeito mantém seu compromisso com a transparência e a ética na gestão pública, continuando a exercer suas funções em conformidade com a legislação vigente. O gabinete está à disposição para fornecer esclarecimentos adicionais e reitera seu compromisso com o serviço público de qualidade para todos os cidadãos.”

 

Cadê o Tiziu?

 

Quem continua foragido é o suplente de deputado federal de Rondônia pelo MDB, Tiziu Jidalias, da região de Ariquemes. Quem está no encalço dele é a Polícia Federal. O motivo é o envolvimento com garimpo ilegal, em terra indígena, no estado de Roraima. Mais um homem de bem, adepto do lema Deus, Pátria e Família enrolado com a PF.  

 

Mestrado

 

Uma oportunidade de ampliar os estudos para os profissionais do direito. A Faculdade Católica de Rondônia está oferecendo o primeiro Mestrado Profissional em Direito. Sendo um marco na educação jurídica e na formação de pesquisadores, oferecendo novas possibilidades para o desenvolvimento da região. Além disso, oferece a oportunidade de dupla titulação com o Máster de Formación Permanente en Tecnologías y Políticas Públicas para la Gestión Ambiental, do Instituto Universitario del Agua y las Ciencias Ambientales – IUACA da Universidade de Alicante, Espanha. As inscrições vão de 20 de janeiro a 16 de fevereiro de 2024, e estão sendo ofertadas um total de 30 vagas. Para participar é necessário o preenchimento do Formulário de Inscrição; pagamento do boleto com a taxa de inscrição no valor de R$ 250,00 e encaminhamento para o e-mail ppgd@fcr.edu.br, até o dia 16 de fevereiro de 2024, com os documentos necessários. Imperdível!

 

‘Ela mora logo ali’

 

O curta metragem rondoniense ‘Ela mora logo ali’ continua a nos dar orgulho e a ter certeza que Cultura é um bom investimento e merece apoio dos poderes público e privado, além da sociedade. O filme foi classificado pela Associação Brasileira de Críticos de Cinema, como um dos dez melhores curtas do Brasil em 2023. O cineasta Fabiano Barros, que dirigiu a película, contou que já são 36 prêmios, duas homenagens e, agora, essa classificação. Rondônia passou a ser conhecida por muita gente a partir desse curta. Propaganda melhor para divulgar o nosso Estado não teria. Todos nós ganhamos! Parabéns a toda equipe e que venham outros projetos!

 

Pirarucu do Madeira

 

Para os amantes do Carnaval, o casal Ernandes Segismundo e Luciana Oliveira convida para o Bloco Pirarucu do Madeira, que será nesse domingo (04). A concentração será a partir das 14 horas na esquina das avenidas Pinheiro Machado e Rogério Weber, quando terá ensaio da bateria Pura Raça, que animará o desfile, previsto para iniciar às 17 horas. Esse ano o homenageado será o mestre Bainha(foto), um dos grandes nomes do Carnaval de Porto Velho.

 

Triste realidade

 

Leitor da coluna enviou uma foto que é um contraste da desigualdade social do Brasil. A imagem é de Rondônia, mas essa triste realidade ocorre em todo o país. Ela foi tirada na Estrada da Penal, próxima ao condomínio Ecoville, em Porto Velho, o que a torna ainda mais contrastante. Afinal, o condomínio é uma ilha de segurança e limpeza na capital, porém, acessível apenas a alguns!

Direito ao esquecimento
Como você avalia a gestão do prefeito Edilson Alencar em Presidente Médici?
Você acredita que pets deveriam ser permitidos em praças de alimentação?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS