COLUNA SEMANAL: Deputado diz que delegado é desinformado e fala como um papagaio

O aumento do ICMS deu o que falar na Assembleia Legislativa; senador Marcos Rogério assume a presidência do PL em RO e deixa o senador Jaime Bagatoli magoado; mulheres negras serão homenageadas em Porto Velho.

COLUNA SEMANAL: Deputado diz que delegado é desinformado e fala como um papagaio

Foto: Divulgação

ICMS
 
A Sessão Ordinária realizada na Assembleia Legislativa de Rondônia, na última terça-feira(31/10) foi, sem qualquer sombra de dúvidas, umas das mais agitadas que a Casa de Leis presenciou. Em pauta para os deputados estaduais analisarem estava o projeto, apresentado pelo Governo Marcos Rocha, de aumento do ICMS, para dar condições ao Executivo de reajustar os salários das forças de segurança rondonienses. Como o bolso é a parte mais sensível do corpo humano, policiais civis, militares, Corpo de Bombeiros e outros lotaram as galerias do parlamento estadual para pressionar pelo realinhamento salarial.
 
 
Empolgação
 
 
Servidores das Forças de Segurança lotaram a galeria para acompanhar a sessão e pressionar os parlamentares pelo aumento nos vencimentos
 
O deputado delegado Camargo(Republicanos) era um dos mais empolgados defendendo que não ocorresse o aumento do imposto e, literalmente, desceu a lenha em Marcos Rocha(União Brasil) e Cia. Municiado de gráficos e números criticou a iniciativa do governo, defendendo que parlamentares estaduais poderiam legislar sobre tributos como o ICMS. Para isso, tentando ser esperto, recorreu à leitura truncada de uma decisão do Supremo Tribunal Federal acerca do assunto. 
 
Pulou
 
 
 
O texto do STF (acima) diz que: ‘As leis em matéria tributária enquadram-se na regra de iniciativa geral, que autoriza a qualquer parlamentar – deputado federal ou senador – apresentar projeto de lei cujo conteúdo consista em instituir, modificar ou revogar tributo’.  Durante a leitura, Carmargo pulou o trecho que afirma que apenas ‘deputado federal ou senador’. Ou seja, queria defender usando o famoso ‘vai que cola’. Esperto, mas nem tanto!
 
 
Alan Queiroz
 
 
Logo após a fala do delegado deputado, foi a vez do deputado Alan Queiroz(Podemos), foto, fazer uso da tribuna para defender a iniciativa do Governo de Rondônia. Foi também um dos momentos mais engraçados da sessão. Alan, como sempre muito contido, defendeu a administração Estadual e a necessidade do aumento da alíquota do imposto. 
 
 
Desinformado
 
 
 
Ele mirou na fala de Camargo dizendo que os números apresentados pelo delegado não refletiam a realidade e demonstravam desconhecimento. No meio da fala, Alan tascou a de que o delegado estava falando no parlamento “igual um papagaio”. Foi aplaudido pelos presentes! Ao final da sessão, decidiu-se pela aprovação de reajuste do ICMS para 19,5% e não mais 21% como chegou a ser aprovado antes pelo parlamento. Agora, Camargo precisa trabalhar muito para convencer os servidores da própria categoria, e mudar a imagem que ele deixou de ser contra o aumento dos salários das forças de segurança de Rondônia. Vai ter muito trabalho!
 
 
Deputada Taíssa
 
 
Quem esteve no estúdio do Rondoniaovivo, na última quarta-feira(1º), foi a deputada Taíssa Sousa(PSC), participando do Programa Conexão Rondoniaovivo. Na conversa com o jornalista Ivan Frazão, a parlamentar fez um balanço da atuação nesse primeiro ano de mandato e destacou as obras do hospital, no município de Guajará-Mirim, que é a base eleitoral dela. Veja a entrevista no link .
 
 
 
Teimoso
 
A história do lutador rondoniense de MMA, César Augusto(foto), é daquelas que nos enche de orgulho e, ao mesmo tempo, revolta. Ele venceu o maior evento de MMA da América Latina, o Jungle Fight, categoria 77 kg, Meio Médio, realizado em São Paulo, no dia 28 de outubro. Agora, ele está credenciado para disputar o cinturão de ouro do esporte, que é ápice dos lutadores dessa modalidade. 
 
 
Bom de briga
 
 
 
Ele levou o nome de nosso Estado para o mundo, já que a luta foi vista em vários países. Tudo muito bonito e digno de parabéns, só que não. Para chegar aonde chegou César teve que encarar os adversários fora dos ringues em nosso próprio Estado. O lutador não teve qualquer apoio governamental nem para a passagem. A família e amigos se uniram e compraram a passagem de ônibus de ida para Sampa. Foram três dias de estrada, pés inchados, muita garra e persistência. No final, valeu a pena! Por outro lado, fica o questionamento, quanto os governos estadual e municipal gastam com digitais influencers que não influenciam nada, enquanto um César ergueu a bandeira de Rondônia para o planeta, sem um centavo de ajuda? Existe algo muito errado nessa conta! Parabéns, César!
 
 
Unir
 
A Universidade Federal de Rondônia está passando por um momento delicado, com a renúncia da professora Marcele Pereira, por motivos de saúde, do cargo de reitora da única universidade pública de nosso Estado. A insegurança na comunidade acadêmica quanto à gestão da instituição tem levantado naturais questionamentos. Para explicar sobre isso, o Programa Conexão Rondoniaovivo recebeu o reitor interino Juliano Cedaro. Na conversa com o jornalista Ivan Frazão, ele explicou o que está sendo feito como: a abertura do Restaurante Universitário, a preparação da eleição para a reitoria, o orçamento da Unir e concurso público. Confira no link .
 
 
Bagatoli x Marcos Rogério
 
 
 
Não convidem para dividir o mesmo sorvete os senadores bolsonaristas Marcos Rogério e Jaime Bagatoli, ambos do Partido Liberal. O motivo foi o chega pra lá dado pelo veterano na política, Marcos Rogério, no iniciante Jaime. Esse movimento custou o comando do PL em Rondônia, que estava com Bagatoli, mas teve que entregá-lo a Marcos Rogério de bandeja. Fontes informam que Waldemar da Costa Neto, presidente do PL, até tentou intermediar um acordo entre os dois, mas sem sucesso. Marcos Rogério não quer saber de dividir o bolo e deixou o italiano do Cone Sul, com cara de paisagem. 
 
 
Bolsonaro
 
Bagatoli procurou o ombro do ex-presidente Jair Bolsonaro para ter apoio, mas não encontrou o consolo que precisava. Não deve ter lembrado que Jair Bolsonaro está inelegível e, apesar de presidente de honra do PL, está igual a rainha da Inglaterra. Ou seja, tem imagem, mas não decide e não governa nada. A lição que se tira dessa situação toda é que, de fato, quem tem mais chora menos. Marcos Rogério tem experiência na política, já Jaime Bagatoli, embora milionário e bem votado, ainda tem muito tutano para chupar nessa seara. O jogo não é para amadores, especialmente, na direita!
 
 
Urbano Norte
 
 
 
 
Uma notícia muito triste e que deve fazer as empresas repensarem a forma como tratam os clientes. A jornalista Iuli Vargas está passando por um problema de saúde, que a obrigou a fazer uma cirurgia no joelho. Assim, ela precisa ficar com a perna esticada o tempo todo. Nessa situação, dias atrás, ela solicitou um carro de aplicativo da Urbano Norte, escolhendo uma motorista para prestar o serviço. Porém, quando o veículo chegou e Iuli pediu para ir no banco da frente devido ao problema na perna, acreditem, a mulher disse que não a levaria e que a perna da cliente era problema dela e foi embora. Iuli procurou a Urbano Norte para fazer a reclamação mas não obteve o apoio necessário. O lema da Urbano Norte é “Orgulho de Ser Daqui’, pode ser de nossa terra, mas está deixando a desejar com quem é daqui. Melhoras para Iuli e que situações como essa não se repitam! Imagina como não devem tratar pessoas mais humildes e com menos informação? 
 
 
Santo Remédio
 
O que mais se vê em Porto Velho são farmácias. Muitas vezes, uma de frente para outra. Mas a novidade é que uma movimentação está ocorrendo nessa briga pela venda de medicamentos na cidade. Uma grande rede comprou a rede Santo Remédio, que tinha várias lojas na capital, e se prepara para aumentar ainda mais a fatia de participação no mercado local. No interior, uma outra grande rede de farmácias chegou ao Estado, mas o objetivo é alcançar a capital. A falta de saneamento básico em Porto Velho talvez explique a grande quantidade de farmácias em nossa cidade.
 
 
Sintero
 
O maior sindicato de Rondônia, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação, tem nova diretoria. A eleição realizada no último dia 1º, elegeu a Chapa 2 - Juntos Somos Fortes, liderada pela professora Dioneida Castoldi para o triênio 2024-2026. No total, mais de 9.900 trabalhadores e trabalhadoras em educação foram às urnas em todo o Estado para votação. Sucessos à nova direção!
 
 
 
Prostáta
 
 
Novembro chegou e com ele a campanha ‘Novembro Azul’ prevenção ao câncer de Próstata que, todos os anos, mata muitos brasileiros. Uma boa parte morreu por preconceito em relação ao exame do toque, necessário para se diagnosticar a doença. O Hospital de Amor está fazendo agendamentos para os exames, em homens entre 50 e 75 anos, ou a partir dos 45 anos nos de raça negra. O contato é o telefone 69 4009 - 9000. Deixe o preconceito de lado e salve a sua vida!
 
 
Negras
 
 
No próximo dia 11, acontece a entrega do ‘Prêmio Mulheres Negras que Escreveram História’. O evento será realizado no Teatro Guaporé, na capital, a partir das 18:30. A premiação é uma forma de reconhecimento das mulheres negras que contribuíram para a história e desenvolvimento de Rondônia, em vários campos. A iniciativa é do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial de Porto Velho e Secretaria de Assistência Social e Família.
Direito ao esquecimento
Como você classifica o mandato do prefeito Moisés Cavalheiro em Itapuã do Oeste?
Como resolver o problema dos animais de rua?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS