VÍDEO: Candidato à presidência do Equador é executado com três tiros na cabeça

Ainda não se sabe o número total de feridos, mas fontes indicam que seriam cerca de oito. A Polícia Nacional montou uma operação para localizar os responsáveis pelo assassinato

O candidato à presidência do Equador, Fernando Villavicencio Valencia, foi assassinado com três tiros na cabeça.

 

De acordo com o jornal El Universo, o crime ocorreu por volta das 18h20 (horário local) desta quarta-feira (9), após um encontro político realizado no Anderson College Coliseum, em Quito.

 

Testemunhas do veículo relataram que ouviram uma rajada de tiros e viram Villavicencio caindo gravemente ferido no chão.

 

Ainda não se sabe o número total de feridos, mas fontes indicam que seriam cerca de oito. A Polícia Nacional montou uma operação para localizar os responsáveis pelo assassinato.

 

Villavicencio participava do movimento Construye-Lista 25 e apareceu em 5º lugar em uma pesquisa publicada pelo jornal na terça-feira.

 

Além de deputado, ele era um ativista equatoriano que participou das investigações acerca do governo do ex-presidente Rafael Correa, que foi condenado a oito anos de prisão por corrupção em 2020.

Direito ao esquecimento
Como você classifica a gestão de Cleiton Cheregatto em Novo Horizonte do Oeste?
Professores e policiais militares devem ter direito à isenção de IPVA?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS