TERCEIRO LUGAR: RO tem uma das menores taxas de desocupação do país

Em Rondônia, o segmento que mais ocupou trabalhares no período avaliado foi o de comércio e reparação de veículos

TERCEIRO LUGAR: RO tem uma das menores taxas de desocupação do país

Foto: Divulgação

 

A PNAD Contínua, pesquisa realizada pelo IBGE, demonstra que, no terceiro trimestre de 2022 (entre julho e setembro), Rondônia registrou taxa de desocupação de 3,9%, sendo a terceira menor do país, atrás de Santa Catarina e Mato Grosso, que registraram 3,8%. Em todo o Brasil, a taxa foi de 8,7%.
 
Em Rondônia, o segmento que mais ocupou trabalhares no período avaliado foi o de comércio e reparação de veículos, com 193 mil ocupados, representando 22,6% das pessoas ocupadas no estado. O número foi 15,2% maior que o registrado no segundo trimestre deste ano (168 mil trabalhadores).
 
A agropecuária (com 170 mil ocupados – 19,9%) e a administração pública (com 134 mil trabalhadores – 15,7%) completam o ranking das principais atividades em Rondônia, que, juntas, corresponderam a 58,1% das pessoas ocupadas.
 
Em relação aos desalentados, pessoas que desistiram de procurar trabalho, houve uma queda significativa entre os terceiros trimestres de 2021 e de 2022. No ano passado, este período registrou que 24 mil rondonienses estavam nesta condição. Já neste ano, o número foi de 11 mil.
 
 
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

E M M M de Barros

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS