PERIGO: Bueiros sem tampa viram problema grave em Porto Velho

Graves acidentes podem ser provocados por furto de materiais das ruas

PERIGO: Bueiros sem tampa viram problema grave em Porto Velho

Foto: Divulgação

São várias as ruas com bueiros no meio da via e que estão sem tampa. Os roubos destes materiais feitos de ferro fundido acontecem há algum tempo e elas não são recolocadas. Resta apenas uma cratera, que pode causar acidentes graves de trânsito ou prejuízo aos donos de veículos.

 

Em várias regiões de Porto Velho, há reclamações de bueiros sem a proteção adequada, que causam riscos a que passa por eles.

 

“Tirando o susto, o risco é imenso. Muitas pessoas de moto desviam em cima do buraco, correndo o risco de cair. Vira e mexe, a gente vê carros caindo. Com certeza, causa prejuízos bem pesados no bolso”, disse Joaquim Nunes, comerciante no Centro da capital, que relatou ao Rondoniaovivo que vê vários bueiros sem tampa na região.

 

 

Quem também reclama é a lojista Adriana Alves, que tem uma pequena empresa na zona Sul de Porto Velho. Ela afirma que também lá ouve reclamações sobre o problema.

 

“Dia desses chegou uma cliente aqui dizendo que tinha caído em um bueiro sem tampa no Cohab. Falou que furou o radiador do carro dela e que ia gastar uns 800 reais para trocar a peça. Isso é um absurdo! Ficar tanto tempo sem reposição e causar prejuízos para os cidadãos”, protestou ela.

 

Na página do Rondoniaovivo no Facebook, um internauta disse que é um problema crônico, que conta com a omissão das autoridades de segurança pública.

 

“Tem roubo de tampas e roubo de fios elétricos porque tem quem compra. Se fiscalizasse quem compra sucata e agisse com rigor, mudava um pouco, e se usassem tampa de concreto ao invés de metal, também não tinha roubo”.

 

Respostas

 

Ao entrar em contato com a Prefeitura, em nota, chegou a informação de que “de acordo com a Secretaria Municipal de Obras (Semob), a responsabilidade pelas tampas de saneamento é da Caerd. A Prefeitura é responsável pelas conhecidas ‘bocas de lobo’, que são aquelas com tampa de concreto”.

 

Porém, o Executivo municipal prometeu enviar uma equipe técnica aos locais para verificar a situação e tentar solucionar o problema.

 

Entramos em contato com a Caerd, para entender se a situação é acompanhada algum departamento e se há estudos para prevenir os furtos, mas até o fechamento desta matéria, os questionamentos não foram respondidos.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS