DESAPREÇO: Sindeprof repudia decisão que suspensão de piso nacional da enfermagem

Confira a nota abaixo

DESAPREÇO: Sindeprof repudia decisão que suspensão de piso nacional da enfermagem

Foto: Divulgação

 

O Sindeprof vem a público repudiar e se colocar ao lado dos servidores da enfermagem contra a decisão do STF em suspender a aplicação do piso nacional da categoria, estabelecido pela Lei 14.434/2022;
 
A decisão é um verdadeiro desapreço a uma das categorias mais atingidas pela pandemia que assolou o País e o Mundo e que tanto lutou por esse reconhecimento; 
 
A Ação Direta de Inconstitucionalidade foi ajuizada pela CNAS (que repesenta hospitais e estabelecimentos privados de saúde) sob ameaças de desemprego, situação financeira e caos no Sistema Único de Saúde;
 
Esses hospitais tiveram lucros bilionários na pandemia e não podem alegar impactos financeiros, se negando a dar aumento à categoria que foi a verdadeira linha de frente no período da pior crise sanitária já vivida no País; 
 
O Congresso fez sua parte justamente por perceber a necessidade dessa valorização, mas infelizmente, os interesses de um grupo de pessoas prevaleceram sobre o de milhares de servidores;
 
Nesse momento, a Diretoria do Sindeprof está unida ao lado da categoria e de outras entidades classistas representativas num movimento de mobilização nacional para pedir o retorno dos direitos da Enfermagem;
 
O Sindeprof sempre estará ao lado do servidor e se fará presente em todas as mobilizações que o Comando Nacional realizará nesta sexta-feira 09.09 em Porto Velho, na frente às unidades de saúde, das 11h às 14h;
Direito ao esquecimento

Você assiste programa eleitoral na televisão?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS