NA MESMA: População continua jogando esgoto em ruas da zona Sul de Porto Velho

Buracos continuam surgindo e moradores não tomam nenhuma atitude

NA MESMA: População continua jogando esgoto em ruas da zona Sul de Porto Velho

Foto: Buraqueira volta a surgir na esquina da Campos Sales com a Rua Madressilva, no Bairro Novo Horizonte - Felipe Corona/Rondoniaovivo

Passados quase três meses da ida do Rondoniaovivo até o trecho da Avenida Campos Sales que passa pelos bairros Eletronorte, Conceição, Novo Horizonte e Cidade do Lobo, a imundície continua sendo praticada por algumas famílias que moram nesta parte da zona Sul de Porto Velho.

 

O trecho mais crítico segue na esquina com a Rua Vicunha: a água podre continua sendo jogada dia e noite na via por algumas casas. E é fácil identificar quem insiste em praticar a situação nojenta sem ser perturbado.

 

Água podre continua minando na esquina da Avenida Campos Sales com a Rua Vicunha, na zona Sul - Foto: Felipe Corona/Rondoniaovivo

 

Segundo alguns moradores, os buracos seguem surgindo, sendo tapados pela prefeitura, que voltam depois de um tempo. E de acordo com eles, até agora, nenhuma autoridade tomou providências.

 

“Depois que vocês vieram aqui, nada mudou. Parece que fizeram foi aumentar a quantidade de esgoto jogado na rua. Eu faço a minha parte com o sumidouro, mas meus vizinhos continuam jogando a água podre, que fica minando dia e noite. Nem o calor seca essa porcaria. E quem passa a pé ou de bicicleta continua tomando banho de sujeira”, desabafa João Menezes, que mora perto da esquina.

 

Asfalto vive com buracos sendo tapados eternamente pela prefeitura na Campos Sales com Rua Vicunha - Foto: Felipe Corona/Rondoniaovivo

 

Sem solução

 

Segundo quem conversou com o Rondoniaovivo novamente, o problema persiste há pelo menos 10 anos e não houve nenhum tipo de mudança, mesmo após a reportagem feita pelo jornal eletrônico. De acordo com esses cidadãos, não há bom senso por parte do poder público ou das outras famílias.


“Ouvi dizer que tem um departamento de posturas, que a SEMA [Secretaria Municipal de Meio Ambiente] viria aqui. Mas não vi nenhum fiscal, ninguém ser abordado ou o principal: multado por tanta imundície. As pessoas se acomodam e vão deixando acontecer. Eu não concordo com esse fedor horrível. Continuam jogando esgoto na rua, o asfalto fura e a prefeitura tapa os buracos”, protestou novamente Aparecida Rocha, que mora quase em frente a uma das poças de esgoto.

 

Pequena vala já aparece na Campos Sales com Madressilva, no Bairro Novo Horizonte - Foto: Felipe Corona/Rondoniaovivo

 

A nojeira continua pior a cerca de 300 metros dali, na mesma rua, na esquina da Campos Sales com a Rua Madressilva: água servida que nunca acaba, prejudicando pedestres e ciclistas, além de provocar uma vala por onde o esgoto passa.


O alento, que parece ter tido alguma resolução, aconteceu na Campos Sales com a Emídio Feitosa, em frente ao Ecoparque. Segundo pessoas que moram ali, há muitos dias não veem água escorrer no local.

 

É tanto esgoto que atravessa a rua e acumula do outro lado da via - Foto: Felipe Corona/Rondoniaovivo


Outro lado


O Rondoniaovivo entrou em contato com o secretário Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SEMA), Alexandro Miranda, que afirmou que após a primeira reportagem, em maio, enviou uma equipe de fiscalização ao local que fez autuações aos moradores que jogam água servida nas ruas.

 

Porém, não fomos informados se os fiscais voltarão à região para realizar novas vistorias e aplicação de penalidades.

 

A SEMA lembra que despejar água servida é uma prática criminosa e deve ser denunciada tanto na SEMA quanto no Departamento de Posturas Urbanas.

 

No primeiro momento, os fiscais notificam o proprietário para adequação às normas, e caso o interessado não cumpra, é lavrado o auto de infração que vai de 25 UPFM a 2.000 UPFM (R$ 2.216,50 a R$ 177.320,00), conforme a legislação municipal que dispõe sobre o Código Municipal de Meio Ambiente.

 

Para denúncias, estão disponíveis os telefones: (69) 98423-4092 (SEMA) e 0800-647-1390 (Departamento de Posturas).

Direito ao esquecimento

Quem você apoiaria para ser senador por Rondônia?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS