COVARDIA: Vídeo mostra homem espancando cachorro; animal teve as patas quebradas

Caso aconteceu no bairro Tiradentes, zona Leste da capital.

O vídeo impressionante que está gerando revolta em quem assiste, mostra um homem agredindo um cachorrinho chamado Spike, à pauladas no meio da rua em Porto Velho. As imagens foram registradas por câmeras de segurança na última quinta-feira (30), no bairro Tiradentes, na zona Leste.
 
No vídeo, após bater no animal, o cachorro fica ganindo no meio da rua, esperneando e se debatendo de dor. 
 
Em um outro vídeo, moradores mostram ele completamente imobilizado, devido à gravidade das pauladas. Nas imagens, percebe-se o nível de crueldade a que o cachorro foi vítima.
 
A pata dele está quebrada. Ele não consegue ficar em pé e também não está conseguindo se alimentar. Só chora com dor quando a gente toca nele. Ele está traumatizado por causa da força que apanhou”, relatam.
 
Spike tem apenas 5 meses
 
Segundo os moradores, a agressão ao animal ocorreu quando o cachorro teria fugido de casa. Eles explicaram que ontem, no dia da violência, o animal foi em direção ao bar, local onde o agressor reside.
 
De acordo com os moradores da região, essa não é a primeira vez que o rapaz comete essas agressões contra animais. “Ele, o pai dele, todo mundo, já são acostumados a fazer a isso. Com esse cachorro foi a primeira vez, mas outros animais já sofreram nas mãos deles”, denunciam. Após o acontecido, um boletim de ocorrência foi registrado.
 
Vereadora quer criar lei
 
A vereadora de Porto Velho e ativista Márcia Socorrista Animais, também entrou na ação. De acordo com ela, as imagens chegaram até o gabinete no final da tarde da última quinta-feira(30). 
 
Eu tomei conhecimento ontem, às 5h da tarde, e de pronto, meu dia acabou. Rapidamente eu entrei em contato com o veterinário e marcamos para levar o Spike para o centro cirúrgico hoje de manhã(sexta-feira)”, disse ela ao Rondoniaovivo.
 
Cãozinho foi internado e passará por cirurgia 
 
Márcia revelou que o número de ataques e agressões a animais é grande em Porto Velho, mas que agora vai criar uma lei para inibir estas ações horrendas.
 
“Eu já conversei com todos os vereadores e eles concordaram. Eu vou criar o projeto de Lei (PL) Spike, onde a pessoa que agredir animais, será responsável e terá que arcar com a situação”, explicou.
 
A vereadora disse que a solicitação do projeto de lei já foi encaminhada para sua assessoria. Márcia afirmou que pretende apresentar o PL na próxima sessão da Câmara de Vereadores da capital.
 
“Eu mostrei os vídeos para os vereadores, todo mundo ficou em choque. Disseram que vão votar para aprovar a lei”, disse a vereadora. 
 
Márcia Socorristas criou também uma vaquinha virtual na internet para ajudar a custear as despesas do Spike (clique aqui). Devido a gravidade da violência, o animal teve as duas patas quebradas e a cabeça fraturada. Agora, Spike terá que passar por procedimentos cirúrgicos para tentar se recuperar.
Direito ao esquecimento

Em qual supermercado você prefere fazer suas compras?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública.

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS