MAIS VACINAS: Rondônia recebe 71.590 doses de vacina contra a covid-19

Com este lote, Rondônia alcança 2.258.018 doses de vacinas recebidas, desde que iniciou a campanha de vacinação

MAIS VACINAS: Rondônia recebe 71.590 doses de vacina contra a covid-19

Foto: Divulgação

O Governo de Rondônia recebeu nesta sexta-feira (24), 71.590 doses de vacinas contra a covid-19 para imunizar a população prevista no Plano Nacional de Operacionalização da Vacina (PNO). Nesta remessa, o Ministério da Saúde enviou 60.840 doses do imunizante Pfizer e 10.750 doses da vacina AstraZeneca. Com este lote, Rondônia alcança 2.258.018 doses de vacinas recebidas, desde que iniciou a campanha de vacinação contra a covid-19, em janeiro deste ano.
 
Durante o evento de recebimento, ocorrido na Rede Estadual de Frio, em Porto Velho,  o diretor-geral da Agevisa, Gilvander Gregório de Lima, explicou que as vacinas são para atender a população com a 1ª e 2ª doses e reforçou a importância da população completar o esquema vacinal. “Mesmo com a circulação da variante Delta no Estado, os números de casos e óbitos estão reduzindo, resultado da vacinação da população. Por isso, reforçamos sempre a informação, de que sejam administradas as duas doses do imunizante. Procure um posto de vacinação e se vacine”, orientou.
 
Diretor da Agevisa reforça importância da aplicação das duas doses de vacina
 
Em Rondônia, a 2ª dose da vacina Pfizer pode ser administrada com 60 dias e a AstraZeneca com 45 dias, no entanto, em alguns municípios, como a Capital, Porto Velho, temporariamente o reforço da 2ª dose da AstraZenca está sendo administrada no período de 90 dias. Já a 2ª dose da CoronaVac é administrada no período de 30 dias.
 
Com as doses recebidas hoje, Rondônia contabiliza 2.258.018 doses de vacinas contra a covid-19 recebidas do Governo Federal, sendo: CoronaVac (721.648); AstraZeneca (721.400); Pfizer (779.220) e Janssen (35.750).
 
Gregório lembrou que ainda se faz necessária a manutenção das medidas de prevenção contra a covid-19, como uso de máscaras e distanciamento social. “A atitude preventiva, além da vacinação são medidas que devem ser adotadas para a redução de ocorrência de casos graves e óbitos”, finalizou.
Direito ao esquecimento

Quem é o favorito ao título do Brasileirão 2021?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública.

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS