OPERAÇÃO PREVENÇÃO: Bares abertos após às 23h e jovens aglomerados são flagrados

O público foi disperso e medidas pertinentes a cada caso foram adotadas

OPERAÇÃO PREVENÇÃO: Bares abertos após às 23h e jovens aglomerados são flagrados

Foto: Divulgação

Zelando pelo cumprimento das medidas sanitárias para evitar o avanço da covid-19, o Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), sob comando do Corpo de Bombeiros Militar (CBM-RO), realizou no último sábado (5), a 19ª etapa da “Operação Prevenção”, em Porto Velho, cidade que concentra o maior número de casos da doença.
 
Houve registro de bares abertos após às 23h e aglomeração, sendo que um dos flagrantes destacou-se pela expressiva quantidade de jovens aglomerados e consumindo bebida alcoólica. O público foi disperso e medidas pertinentes a cada caso foram adotadas.
 
Ao todo, 28 estabelecimentos foram visitados. Foi constatado que 10 estavam sem funcionamento, oito orientados, dois notificados; outros dois autuados, seis com aglomeração, cinco com Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e outros cinco em condições de funcionamento, de acordo com o decreto.
 
A missão da Operação é garantir o cumprimento do Decreto nº 26.038, de 23 de abril de 2021, que traz, entre as determinações para a permissão das atividades econômicas, observar o percentual de ocupação dos estabelecimentos, que é de 30% na fase 1 do Plano Todos por Rondônia, o uso da máscara e higienização das mãos, além do horário permitido que é até às 23h.
 
Estabelecimentos foram fiscalizados e em alguns deles houve a constatação de desacato às regras
 
Ainda, segundo o Decreto, fica expressamente proibida a venda de bebidas alcoólicas das 23h às 6h, todos os dias, em todos os estabelecimentos que as comercializem.
 
Participaram da Operação, além do Corpo de Bombeiros Militar, a Polícia Militar (PM), Programa de Orientação, Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), Departamento Estadual de Trânsito de Rondônia (Detran), Superintendência Estadual de Comunicação (Secom), e ainda órgãos da Prefeitura de Porto Velho.
 
A população também pode ajudar a inibir aglomerações por meio de denúncia ao 190 (PM), 193 (CBM) e o 197 (PC).
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

MEDICAL FORM LTDA

V DA S Parnaiba

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS