MEIO AMBIENTE: Prefeitura recupera obras de paisagismo e arborização da cidade que foram vandalizadas

Trabalho realizado na Avenida Sete de Setembro foi recuperado

MEIO AMBIENTE: Prefeitura recupera obras de paisagismo e arborização da cidade que foram vandalizadas

Foto: Divulgação

 

A Prefeitura de Porto Velho está fazendo o replantio de árvores plantadas na Avenida Sete de Setembro, que foram danificadas em atos de vandalismo. O ataque ao patrimônio público recebeu o repúdio da população através de manifestações nas plataformas digitais.
 
Pelo menos 12 árvores foram danificadas. Servidores da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema) reorganizaram os vasos e replantaram as mudas de Ypê Mirim.
 
“Retiramos as árvores danificadas e os resíduos que ficaram no chão. Infelizmente, várias foram quebradas e descartadas”, lamentou Joana Aurélia de Oliveira, Diretora do Departamento de Proteção e Conservação Ambiental (DPCA).
 
Ela disse que em alguns casos até a terra foi retirada e os vasos foram deixados com lixo. “Algumas árvores conseguimos reaproveitar. Outras não”, explicou.
 
Servidores da Sema reorganizaram os vasos e replantaram as mudasServidores da Sema reorganizaram os vasos e replantaram as mudas
 
Joana ainda relembra que essa não é a primeira vez que o trabalho de paisagismo realizado pela Prefeitura é prejudicado. Na Avenida Nações Unidas, onde foi instalado um painel vertical com mudas ao final do ano passado, aconteceu o mesmo.
 
O secretário da Sema, Alexandro Miranda, afirma que é um dever de todos cuidar do meio ambiente.
 
“Contamos com o apoio da população para manter esses locais que recebem esses serviços de arborização bem cuidados. É lamentável que atitudes como estas sejam praticadas”.
 
A Sema faz um apelo para que todos zelem pelo paisagismo e arborização da cidade e lembra que denúncias podem ser feitas pelo telefone 0800 647 1320.
 
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS