PREVENÇÃO: Medidas sanitárias devem ser cumpridas para evitar a proliferação do coronavírus

Desde 2020, já foram realizadas 49 operações de fiscalização em Porto Velho, sendo hoje a 50ª etapa geral de operações

PREVENÇÃO: Medidas sanitárias devem ser cumpridas para evitar a proliferação do coronavírus

Foto: Divulgação

 

O Governo de Rondônia, por meio do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Rondônia (CBM/RO), tem realizado várias ações de combate a disseminação do novo coronavírus em parceria com órgãos estaduais e municipais, para que seja cumprido o Decreto nº 26.038, de 23 de abril de 2021, que reforça medidas sanitárias para evitar a proliferação da doença.
 
 
Desde 11 de dezembro de 2020, quando houve a primeira operação denominada “Fase Três”, foram realizadas sucessivamente as operações “Terceira Onda”, “Decreto”, “Consciência”, “Restrição”, “Alerta”, “Emergência” e “Urgência”, sendo oito mil intervenções realizadas.
 
 
O  comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar, coronel Nivaldo de Azevedo Ferreira, ressalta que “o objetivo principal das operações é evitar a proliferação do coronavírus em aglomerações em locais onde a população permanece sem máscaras,em ambiente fechado e sem respeitar o distanciamento social. Dessa forma, buscamos uma diminuição nos casos confirmados de infecção e concomitantemente, a necessidade de uso de leitos de UTI”.
 
 
Atualmente, está em curso a operação “Prevenção”, que é coordenada pelo Corpo de Bombeiros (CBM) em parceria com a Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), Polícia Militar (PM), Polícia Civil (PC), Departamento Estadual de Trânsito de Rondônia (Detran), Programa de Orientação, Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), Superintendência Estadual de Comunicação (Secom), Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), além da Prefeitura de Porto Velho, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), Secretaria Municipal de Fazenda (Semfaz) e Subsecretaria Municipal de Serviços Basicos (Semusb).
 
 
Desde 2020, já foram realizadas 49 operações de fiscalização em Porto Velho, sendo hoje a 50ª etapa geral de operações. “Foram flagradas muitas pessoas sem máscaras, e algumas confessaram não ter o hábito de utilizar o álcool em gel. Também verificamos funcionários do comércio sem o uso de máscara e proprietários permitindo a entrada de clientes desprotegidos. Seguramente hoje, cerca de 100% da população adotou os protocolos”, explica Nivaldo.
 
 
O comandante-geral afirma ainda que caso ocorra o descumprimento das regras, uma das medidas cabíveis a ser tomadas é a aplicação do Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), que é feito no local com o nome da pessoa responsável pelo estabelecimento que está em desacordo com as regras, além de ser efetuado de forma individual, com o nome das pessoas que foram flagradas descumprindo o decreto. Na oportunidade, também é verificado o alvará de funcionamento e o local poderá ser notificado tanto pelo Corpo de Bombeiros Militar de Rondônia, quanto pelos demais órgãos estaduais e municipais que fazem parte da operação”.
 
 
O Corpo de Bombeiros tem atuado de forma zelosa, trabalhando diuturnamente para a proteção da população. Estamos em guerra, mas o inimigo não irá vencer. Pedimos a todos que nos ajudem no combate ao vírus. Faça sua parte, pois assim você estará exercendo sua cidadania e ao mesmo tempo protegendo amigos e familiares”, finaliza Nivaldo.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS